Farense já não tem treinador

Mauro de Brito e a direção do Farense chegaram a acordo para uma rescisão de contrato amigável do treinador, na sequência dos maus resultados obtidos pela equipa, que está na última posição da II Liga, com dois pontos em seis jogos.

O técnico de 50 anos, Mauro de Brito, que conduziu o emblema de Faro até à II Liga portuguesa de futebol, aceitou a rescisão de contrato amigável com a direção.

O despedimento amigável deve-se aos maus resultados da equipa, ao longo das seis jornadas já disputadas, tendo o clube algarvio somado apenas dois pontos, classificando-se em 22.º, a última posição.

No arranque da presente temporada, 2013/2014, a direção do Farense estipulou como principal objetivo da época a subida à I Liga de futebol.

Até ser anunciado um novo treinador do plantel algarvio, o Farense será orientado por Antero Afonso e Carlos Costa, adjuntos de Mauro de Brito.

Mais Notícias