Carlos Silva pede "desforra" com Marítimo

Carlos Silva, secretário-geral da União Geral dos Trabalhadores (UGT), assume-se como benfiquista e pede, à equipa que apoia, que "vingue" na Luz a derrota sofrida na primeira volta da Liga.

Na primeira jornada da presente edição do campeonato nacional de futebol, o Benfica, atual comandante da Liga Portuguesa de Futebol, com 36 pontos, foi derrotado no Estádio dos Barreiros, no Funchal, por 2-1, pelo Marítimo.

Carlos Silva, secretário-geral da UGT, não esconde o benfiquismo e pede, ao conjunto treinado por Jorge Jesus, uma vitória diante do Marítimo (11.º, 17 pontos), no Estádio da Luz, este domingo, 19 de janeiro, a partir das 17.00 (Benfica TV).

O secretário-geral da UGT vaticina, entretanto, os triunfos de Sporting, segundo da geral, com 34 pontos, no sábado, 18, no reduto do Arouca, 13.º, 15 pontos (20.15, Sport TV); do FC Porto, terceiro colocado, 33 pontos, frente ao Vitória de Setúbal (12.º, 16 pontos), no Estádio do Dragão, no domingo, 19 (19.15, Sport TV); e do Sporting de Braga, sétimo, 22 pontos, no domingo, no Minho (17.00, Sport TV), perante o Paços de Ferreira, 16.º e último classificado do campeonato (16 pontos).

Carlos Silva tem 52 anos, é natural de Alfama, Lisboa, e reside em Figueiró dos Vinhos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG