Banco BIC é o novo patrocinador do FC Penafiel

O presidente do clube, António Gaspar Dias, assinou esta quinta-feira um acordo de parceria com o Banco BIC, que será o patrocinador do Penafiel no regresso à I Liga

O presidente do Banco BIC, Luís Mira Amaral, começou por revelar em conferência de imprensa que, depois da boa experiência da época passada, este ano haverá um reforço da aposta do banco privado angolano no futebol português..

"Lembram-se que no ano passado apoiámos quatro clubes, Braga, Paços de Ferreira, Arouca e Estoril. Posso-vos informar que este anos vamos apoiar cinco clubes: Braga, Paços de Ferreira, Estoril, Penafiel e na próxima semana apresentamos o próximo clube", disse Mira Amaral, que se demonstrou otimista quanto à parceria estabelecida com o Penafiel para a época 2014/15.

"A nossa estratégia passa por estabelecer parcerias com clubes de dimensão média, mas com ambição grande, porque acreditamos que essa é a combinação vencedora que estimula a vitória e propicia o crescimento que promova uma evolução rápida no sentido da maior relevância desportiva. Como o nosso lema claramente indica, crescemos em conjunto. Isto diminui o risco para todos os intervenientes e aumenta as probabilidades de sucesso sólido", explicou o presidente do Banco BIC.

"O Futebol Clube de Penafiel apresentou-nos uma proposta de crescimento desportivo que nos agradou e justificou a aposta financeira que vamos fazer. Nos negócios do futebol contam-se os golos marcados, dentro do respeito pelas regras do jogo, respeitando os concorrentes e os árbitros. Desejo ao Penafiel o maior sucesso desportivo e que este ano na I Liga concretizem as vossas ambições", concluiu.

Por outro lado, o presidente do Futebol Clube de Penafiel aproveitou para agradecer a oportunidade concedida pelo banco privado angolano.

"Quero agradecer ao Banco BIC a oportunidade nesta nova caminhada, estivemos 10 anos fora da I Liga. Com o Banco BIC a ajudar é possível construir um futuro sustentável e o lema do banco é muito importante: crescemos juntos", salientou António Gaspar Dias.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG