Uruguai empata com Jordânia e conquista última vaga

O Uruguai conquistou hoje a 32.ª e última vaga no Mundial de futebol de 2014, ao empatar a zero na receção à Jordânia, que tinha goleado fora por 5-0, no "play-off" intercontinental entre América do Sul e Ásia.

Depois dos cinco tentos em Amã, apontados por Maxi Pereira, Christian Stuani, Nicolas Lodeiro, Cristian Rodriguez e Edinson Cavani, os uruguaios ficaram em "branco" em Montevideu, mas vão estar no Mundial pela 12.ª vez, depois do quarto posto em 2010.

Com o apuramento dos uruguaios, serão seis os representantes da América do Sul: ao anfitrião Brasil, já se tinham juntado Argentina, Colômbia, Equador e Chile, como quatro primeiros classificados da confederação.

Os uruguaios completam também o pleno de campeões do Mundo, depois do apuramento de Itália, Alemanha, Argentina, Inglaterra, França e da detentora do título Espanha, além dos "canarinhos", que contam cinco cetros (1958, 1962, 1970, 1994 e 2002).

O conjunto celeste, que contou os 90 minutos com o benfiquista Maxi Pereira, venceu a primeira edição da prova, em 1930, e a outra realizada no Brasil, em 1950, edição em que protagonizou o que ficou conhecido como "Maracanazo", a 16 de julho.

No último jogo da prova, que não foi uma final, mas o derradeiro jogo de um grupo de quatro equipas, os "canarinhos" só precisavam de empatar, em pleno Maracanã, mas, depois de terem estado a perder, os uruguaios viraram para 2-1.

Juan Albert Schiaffino (66 minutos) e Alcides Ghiggia (79) "emudeceram" o maior estádio brasileiro, acabando com o sonho de um povo em ver o Brasil sagrar-se campeão mundial.

No sorteio da fase final, marcado para 06 de dezembro, o Uruguai será cabeça de série, juntamente com Brasil, Espanha, Alemanha, Argentina, Colômbia, Bélgica e Suíça, seleções que não pode, assim, defrontar na fase de grupos.

Por seu lado, Portugal, que conquistou o sexto apuramento, e quarto consecutivo, no "play-off" europeu com a Suécia (1-0 em casa e 3-2 fora, com quatro golos de Cristiano Ronaldo), deverá ficar no pote das seleções europeias.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG