Treinador do Aston Villa lança críticas a José Mourinho

Paul Lambert, treinador do Aston Villa, afirmou que as críticas de José Mourinho à atuação da equipa de arbitragem do jogo de sábado no Villa Park têm como objetivo desviar atenções da derrota do Chelsea.

O técnico da equipa de Birmingham afirmou que "não é a primeira vez que ele [José Mourinho] adota este tipo de comportamento".

"Se falar nas decisões do árbitro desvia as atenções da exibição da sua equipa. Claro que ele acha que nós não merecíamos ganhar", acusou, prosseguindo: "O Chelsea está a lutar pelo título e isso é problema dele. Como pode uma equipa como o Villa, repleta de jovens jogadores, derrotar um adversário que luta por todas as competições?", questionou.

Após o jogo de sábado, em que o Chelsea perdeu (1-0) e acabou reduzido a nove jogadores, José Mourinho, na conferência de imprensa no final do encontro, lançou críticas à arbitragem, evitando, no entanto, alongar-se sobre o tema.

"Não sei por que é que fui expulso. Perguntei ao árbitro e ele não me respondeu. Tenho de aceitar a decisão dele. Talvez tivesse pensado que fui muito agressivo... não sei. A nossa equipa deve ser muito azarada por ter outra arbitragem destas. Não se tratou de um ou dois erros, mas de uma exibição pouco conseguida que durou 94 minutos. Se dissesse tudo o que queria ficava em maus lençóis e isso não vale a pena", afirmou o treinador português, que vê agora a liderança na Liga inglesa ameaçada pelo Manchester City.

Dependendo da sanção disciplinar aplicada pela Federação Inglesa, José Mourinho poderá não estar no banco no dérbi da próxima jornada entre Chelsea e Arsenal, a contar para a 31.ª jornada da Premier League.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG