Será que um leiteiro entende Villas-Boas?

Paul Fletcher, antigo dirigente do Burnley, escreveu um livro, onde conta que esteve quase a contratar o português, em 2010, mas o powerpoint de apresentação tinha coisas muito complicadas...

O primeiro clube de Villas-Boas em Inglaterra podia ter sido o mosdesto Burnley em 2010. "Mickey Walsh, um antigo companheiro de equipa, descreveu-me André como um treinador com grande potencial. Ele [Villas Boas] enviou uma longa e detalhada candidatura. O seu currículo e apresentação powerpoint eram incríveis. Mesmo pelos padrões de exigência atuais, tinha algumas coisas complicadas que eu não percebia", revelou Paul Fletcher no seu livro, ainda não publicado, mas a que o The Telegraph já teve acesso.

"Tommy Docherty [antigo jogador e treinador escocês] costumava referir que nunca dizia nada aos seus jogadores que o leiteiro também não percebesse. Penso que nenhum leiteiro percebesse alguma coisa da apresentação de Villas Boas", conta o ex-dirigente do Burnley.

E mais: "Será que os jogadores do Burnley o teriam compreendido se ele lhes dissesse para 'solidificarem', ou qualquer coisa do género? Mas é um pensamento fascinante. Um dos muitos 'ses' do futebol. Se André Villas Boas fosse treinador do Burnley na Premier League, teria evitado a despromoção? Olhando para trás, talvez o devêssemos ter contratado mas, na altura, teria sido um grande risco..."

Mais Notícias

Outras Notícias GMG