Scolari reitera que ia convocar Diego Costa

Luiz Felipe Scolari, selecionador do Brasil, reafirmou que contava com Diego Costa para atacar a conquista do Mundial. O nome do jogador constava numa lista de 45 pré-convocados pela canarinha, tendo optado depois pela nacionalidade espanhola.

"Ia convocá-lo para o Campeonato do Mundo. Ele estaria no Mundial com a seleção brasileira, já tinha falado com vocês sobre isso. O problema é que existem outros interesses por trás", afirmou Scolari ao diário O Estado de São Paulo, atirando ainda que "com Diego Costa naturalizado espanhol abre-se espaço na Europa".

O treinador, campeão do Mundo em 2002, não duvida que foi "um jogo de interesses" que levou Diego Costa a optar por representar La Roja:

"É tudo um jogo de interesses. (...) O Diego Costa estaria connosco agora. Ele joga tanto como '7', como '9' e até como '11'. É um "animal" forte como um touro", explicou Scolari, que entre 2003 e 2008 orientou a seleção portuguesa.

Instado a comentar o atraso nas obras dos estádios, Felipão limitou-se a responder que "o que se passa fora do campo não é problema da seleção", que falou ainda da última época de Neymar, que considerou estar a passar por um processo evolutivo parecido ao de... Cristiano Ronaldo.

O Brasil estreia-se no Mundial a 12 de junho, frente à Croácia, no Arena Corinthians.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG