Scolari: Diego está "automaticamente desconvocado"

O selecionador brasileiro Luiz Felipe Scolari destacou esta terça-feira que o futebolista Diego Costa, ao rejeitar a convocatória para a seleção brasileira e decidir jogar por Espanha, virou as costas a um sonho de milhões de compatriotas.

"Um jogador brasileiro que se recusa a vestir a camisola da seleção brasileira e a disputar o Mundial no seu país só pode estar automaticamente desconvocado. Ele está a virar as costas a um sonho de milhões, o de representar a nossa seleção pentacampeã num Mundial no Brasil", disse Scolari num comunicado oficial.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) não detalhou se pensa tomar algum tipo de medida, mas antes o presidente do organismo prometeu "lutar" pelo futebolista do Atlético de Madrid que hoje pediu escusa de representar a "canarinha".

"A minha opinião não é a mesma que a de Parreira. Vamos lutar dentro daquilo que achamos que é o melhor para o Brasil. A CBF não dá o caso como encerrado", prometeu José María Marín num ato em que se apresentou a lista de centros de treinos de seleções para o Mundial2014.

O coordenador técnico da seleção, Carlos Alberto Parreira, manifestou-se de acordo com a opinião de Scolari, reconhecendo que, por ele, Diego Costa não voltaria a ser convocado.

Diego Costa, avançado nascido em Lagarto, no Brasil, e com nacionalidade espanhola, oficializou, esta terça-feira, mediante uma carta, com cópias endereçadas à FIFA e à CBF, que deseja jogar pela seleção espanhola.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG