Romário pede anulação das eleições na CBF

O ex-futebolista Romário, atual deputado, propôs no Congresso brasileiro a anulação das eleições na Confederação Brasileira de Futebol (CBF), nas quais Marco Polo Del Nero foi eleito presidente para o mandato entre 2004/19.

"Se queremos mudanças (no futebol) que tal anularem essa eleição clandestina e obscura que colocou Marco Polo Del Nero na presidência da Confederação nos próximos quatro anos?", questionou Romário, num discurso na Câmara dos Deputados.

O antigo internacional "canarinho" também se dirigiu aos eleitores, ausentes na sessão, perguntando se acreditavam que Del Nero era "capaz de liderar" as mudanças que o futebol brasileiro "tanto necessita".

Del Nero, atual presidente da Federação Paulista de Futebol, foi eleito em abril como novo presidente da CBF, mas apenas assumirá o cargo em abril do próximo ano, em substituição de José Maria Marín.

Romário sublinhou ainda que o futebol no Brasil "não pode, nem merece, continuar a ser comandado por um bando que já demonstrou a sua incompetência", referindo que fazem "o que querem com o dinheiro" e "nunca em benefício do futebol".

O ex-futebolista pretende a criação de uma Comissão de investigação à gestão da CBF, com o levantamento do sigilo bancário às contas da Confederação.

O campeão mundial em 1994, nos Estados Unidos, disse também que quando uma seleção com "tanta história" como a brasileira perde da forma que perdeu (7-1) com a Alemanha nas meias-finais do Mundial é um "sinal de graves problemas acumulados".

"A seleção canarinha que jogou este Mundial tinha jogadores talentosos, mas foi uma das piores que vi jogar", salientou o ex-futebolista.

Mais Notícias