Romário inicia campanha para se tornar deputado

O 'baixinho' concorre pelo Partido Socialista do Brasil (PSB) e tem como uma das sua bandeiras de campanha a questão da inclusão social através do desporto

O brasileiro Romário, já afastado do futebol, deu ontem início a uma nova fase da sua vida. O 'baixinho', como ficou conhecido, é candidato a deputado federal pelo Partido Socialista do Brasil (PSB) e já começou a sofrer na pele as consequências da política - ontem foi obrigado a acordar às 4h45 da manhã para estar presente hora e meia depois numa acção na Estação Central do Brasil.

'É uma experiência 100% nova. Fui apanhado de surpresa pela disposição e pelo bom humor com que o povo me recebeu tão cedo. Fiquei realmente impressionado com a receptividade das pessoas, que faziam questão de ler o meu panfleto e comentar as minhas propostas', disse o ex-craque.

Uma das propostas do candidato Romário que mais chamam a atenção é a questão da inclusão social através do desporto. O antigo jogador, aliás, já liderou um projecto destes a título pessoal.

A campanha prossegue hoje com uma visita ao Calçadão da Madureira e a um mercado do Rio de Janeiro. 'Se todas as vezes que sair para a rua tiver esta aceitação (com a que recebeu na Estação no Brasil), tenho a certeza de que terei uma boa votação. Se bem que nem sempre as coisas acontecem como a gente imagina', revelou um humilde Romário.

O antigo internacional brasileiro não é a única personalidade do desporto que se aventurou na política. Marcelinho Carioca, Valdir Espinosa, Danrlei, Marques, Bebeto e Vampeta também estão nas listas para candidatos a deputados federais.

Mais Notícias