Recordistas de meias-finais disputam título europeu

Bayern Munique e Barcelona disputam uma eliminatória de desfecho imprevisível nas meias-finais da Champions, enquanto a Juventus tenta contrariar o ligeiro favoritismo do Real Madrid.

O Bayern Munique, 'carrasco' do FC Porto, defronta o FC Barcelona numa espécie de final antecipada da Liga dos Campeões, enquanto o Real Madrid, detentor do troféu, é favorito frente à Juventus no outro jogo das 'meias'.

O sorteio realizado hoje em Nyon (Suíça), colocou frente a frente o 'colosso' alemão, que nos quartos de final perdeu por 3-1 no Estádio do Dragão, antes de golear em casa a equipa portuguesa por 6-1, e espanhol, tranquilo vencedor do embate com o Paris Saint-Germain (vitórias por 3-1 e 2-0).

O treinador do Bayern, o espanhol Pep Guardiola, vai reencontrar o clube catalão, ao comando da qual se sagrou campeão europeu em 2009 e 2011, mas o histórico de confrontos entre os dois clubes é claramente favorável aos germânicos.

Na última vez que se defrontaram, há dois anos, o Bayern 'despachou' o Barcelona com dois triunfos categóricos e um saldo de golos de 7-0 (4-0 em casa e 3-0 na Catalunha), seguindo para a final da prova, na qual se impôs por 2-1 aos compatriotas do Borussia Dortmund.

A equipa alemã, cinco vezes campeã europeia, defrontou o rival espanhol em oito ocasiões, tendo vencido cinco jogos, empatado dois e perdido apenas um, por rotundo 4-0, na caminhada do 'Barça' em 2008/2009 que também terminou com a conquista do título.

Com menos um troféu conquistado, o Barcelona, impulsionado pelo trio atacante composto por Messi, Neymar e Suárez, procura aproveitar a 'maré' de lesões no Bayern, que não pôde alinhar frente ao FC Porto com quatro titulares: os defesas Alaba e Benatia e os avançados Ribéry e Robben.

O Real Madrid, onde alinham os internacionais portugueses Pepe, Fábio Coentrão e a 'estrela' Cristiano Ronaldo, é o campeão em exercício e recordista de títulos, com 10 troféus conquistados, é o favorito no embate com a Juventus, que 'apenas' venceu a prova duas vezes.

Os 'merengues' afastaram com muita dificuldade o Atlético de Madrid, impondo-se em casa por 1-0 depois de ter empatado 0-0 na primeira mão, na reedição da final da Liga dos Campeões da época passada, disputada no Estádio da Luz, em Lisboa, que o Real Madrid venceu por 4-1, após prolongamento.

A Juventus, que tem em Pirlo o 'cérebro' do seu jogo ofensivo, também não teve tarefa fácil para eliminar o Mónaco, treinado pelo português Leonardo Jardim, segurando em França o empate 0-0 na segunda mão, depois de ter vencido em Itália por 1-0.

O historial de confrontos entre as duas equipas é muito equilibrado, com oito êxitos do Real Madrid, contra sete da 'Juve' e um empate, mas os espanhóis saíram vencedores do mais emblemático, a final da Liga dos Campeões de 1998, por 1-0.

As duas mãos das meias-finais da Liga dos Campeões da época 2014/2015 estão marcadas para 05 e 06 de maio e para 12 e 13 do mesmo mês, enquanto a final realiza-se a 06 de junho, no Estádio Olímpico de Berlim.

Na Liga Europa, o Sevilha, detentor do troféu e onde alinham os portugueses Beto, Carriço e Diogo Figueiras, vai defrontar a Fiorentina, no jogo 'grande' das meias-finais, enquanto o Nápoles defronta os ucranianos do Dnipro, clube do português Bruno Gama.

O clube espanhol, que venceu o Benfica na final da última edição (4-2, no desempate por grandes penalidades), começa por receber os italianos, a 07 de maio, com a segunda mão agendada para dia 14 do mesmo mês, enquanto a final disputa-se a 27 de maio, no estádio de Varsóvia.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG