Pizzi quer regressar à boa forma

O futebolista português cedido pelo Benfica ao Espanyol de Barcelona admitiu esta quarta-feira que não está no seu melhor, mas garantiu que os adeptos voltarão a ver o jogador que foi no ano passado.

"Não estou como quero (...), mas no futuro toda a gente verá o Pizzi do ano passado", disse o jogador português, que na época transata atuou pelo Deportivo da Corunha, transferiu-se para o Atlético de Madrid e depois para o Benfica, que o emprestou ao clube catalão.

O extremo português disse que ainda se está a acostumar às ideias do treinador do Espanhol, Javier Aguirre. "O que quero é disputar jogos seguidos seja onde for, como médio ou como extremo. A minha posição de origem é nas alas, mas se o treinador me pede para jogar mais dentro é o que farei", disse Pizzi.

Luis Miguel Afonso Fernandes, conhecido no futebol por Pizzi, também comentou as afirmações de José Mourinho, que numa entrevista a um jornal inglês disse que sentia em Espanha um "ódio real" quando lhe chamavam "filho da p.. português".

O também português do Real de Madrid Cristiano Ronaldo respondeu na terça-feira, afirmando que não acredita que exista racismo em Espanha.

"Não tenho sentido que aqui as pessoas me tratem ou me falem mal por causa disso. Mas essa é uma questão entre o Cristiano e Mourinho. Não tenho nada que opinar sobre isso", disse Pizzi.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG