O emocionante golo de Carlos Martins dedicado a Gustavo

Médio português provocou este domingo uma onda de emoção no estádio, ao dedicar o golo ao filho Gustavo, de 3 anos, que precisa de um transplante de medula.

O Granada-Maiorca, da 13.ª jornada da liga espanhola de futebol, foi suspenso aos 60 minutos devido ao arremesso de um objecto, que feriu um árbitro assistente, quando os anfitriões venciam (2-1), após grande golo do português Carlos Martins, que foi dedicado ao filho.

Um dos auxiliares (Xavi Aguilar) da partida, que se realizava no Estádio Los Cármenes, foi atingido por um guarda-chuva, lançado desde as bancadas, tendo o seu alegado agressor sido imediatamente detido pelas autoridades, conforme relata a Imprensa espanhola.

A equipa de arbitragem recolheu de imediato aos balneários, com o assistente visivelmente ferido no rosto, e, pouco tempo depois, a partida foi oficialmente suspensa.

Poucos minutos antes do incidente, o português Carlos Martins marcou um golo sensacional, o segundo do Granada, e provocou uma onda de emoção em todo o estádio, com milhares de pessoas a fazerem esvoaçar t-shirts com a inscrição "Ânimo Martins" e todos os companheiros a abraçá-lo.

O internacional luso tem sido acarinhado pelo mundo do futebol devido à doença do seu filho, Gustavo Martins, que sofre de aplasia medular, razão pela qual têm sido feitos inúmeros apelos para a doação de medula óssea.

A campanha de solidariedade em torno de Gustavo Martins, que necessita, com urgência, de um transplante de medula, começou de forma espontânea no final do jogo Portugal-Bósnia-Herzegonia, que apurou a seleção lusa para o Euro2012.

Os apelos dos dirigentes, do treinador Paulo Bento e dos jogadores, com Cristiano Ronaldo à cabeça, estendeu-se rapidamente à sociedade civil e a todos os agentes desportivos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG