Mourinho elogia Chelsea "muito forte" que goleou Arsenal

José Mourinho, treinador do Chelsea, considera que a sua equipa esteve muito forte no dérbi deste sábado contra o Arsenal (6-0). "Depois do 2-0, aos sete minutos, o jogo estava terminado", disse.

O Chelsea brindou o milésimo jogo de Arsène Wenger com uma copiosa vitória frente ao Arsenal, num jogo que cedo ficou resolvido para a turma de Mourinho. "Nós fomos muito fortes. Depois do 2-0, aos sete minutos, o jogo estava terminado. Depois veio o penalti e o cartão vermelho", disse o treinador português, após a goleada em Stamford Bridge.

O técnico do Chelsea também não se escusou a comentar a polémica expulsão de Gibbs, que foi expulso pelo árbitro por engano, já que foi Oxlade-Chamberlain a desviar a bola com o braço quando esta se preparava para cruzar a linha de baliza.

"Estavam muitos jogadores na área quando Hazard rematou. Vemos um jogador a mergulhar como um guarda-redes e a tocar a bola com as mãos. Do banco não conseguia ver qual era o jogador, mas era penalty e vermelho. Infelizmente o jogador errado foi expulso. Até o juiz auxiliar não conseguiu ajudar o árbitro", atirou Mourinho.

O português de 51 anos admite que esta derrota pode ter sido um duro revés para as aspirações do Arsenal na Premier League, já que, segundo ele, "era o jogo mais importante da época" para a equipa de Wenger.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG