'Mou' e Ancelotti "rejeitam" United, que nega Van Gaal

Em conferência de imprensa, os dois treinadores recusaram a hipótese de no final da temporada assumirem o lugar deixado vago por David Moyes. Os red devils negaram contactos com o holandês Louis van Gaal

José Mourinho e Carlo Ancelotti, dois dos mais conceituados treinadores em atividade e com passagens bem sucedidas por Inglaterra (ambas ao serviço do Chelsea), recusaram qualquer possibilidade de assumirem o banco do Manchester United na próxima temporada.

Na antevisão do jogo decisivo frente ao Liverpool, a contar para a 36.ª jornada da Liga inglesa, José Mourinho, atual treinador do Chelsea, foi peremptório em afirmar que "nenhum clube" o leva a pensar na saída de Stamford Bridge. "Disse ao clube que nunca se teria de preocupar, pois não quero sair", afirmou.

Ancelotti, na conferência de imprensa antes da receção ao Osasuna, jogo da 35ª jornada da Liga espanhola, disse estar "no maior clube do mundo", fechando a porta aos red devils. "Tenho muito respeito pelo Manchester United, mas o meu lugar é no Real Madrid", conclui o italiano.

Entretanto, fontes oficiais do Manchester United, citadas na imprensa inglesa, negaram as notícias veiculadas pela imprensa holandesa de que o atual selecionador holandês, Louis van Gaal, já teria contrato assinado para a próxima temporada.

O mistério sobre o sucessor de David Moyes continua a crescer, com quatro dos principais candidatos colocados de parte (Klopp, Mourinho, Ancelotti e Van Gaal). A única coisa certa é que Ryan Giggs será o treinador nas quatro partidas que faltam para o final da temporada, sendo que o galês disse que não sabe se permanecerá no cargo na próxima época.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG