Marta, Hope & Nadine: três histórias de superação entram em campo no Algarve

Marta fintou o preconceito, Hope Solo contornou um sem-número de polémicas e Nadine Angerer escapou ao destino de eterna suplente. São três das figuras mundiais em foco na Algarve Cup, que arranca hoje.

Dizem que só fica atrás do Mundial e dos Jogos Olímpicos. A Algarve Cup, que decorre de hoje até dia 11 em cinco estádios algarvios, reúne as melhoras jogadoras e seleções do mundo do futebol feminino. Este ano recebe pela primeira vez o Brasil. E em foco estarão estrelas como Marta (que se estreia na prova), Hope Solo (de regresso após suspensão) e Nadine Angerer (ícone da Alemanha, última campeã da prova).

Marta. A lenda que subiu a custo

Em Dois Riachos, cidadezinha do interior do estado de Alagoas, "as pessoas não viam com bons olhos uma menina a jogar à bola no meio de garotos". Contudo, a menina Marta nunca desistiu. Fintou o preconceito e virou "Rainha Marta" e "Pelé de Saias". É ela a maior lenda do futebol feminino brasileiro, que este ano se estreia na Algarve Cup.

Leia mais na edição impressa e no epaper do DN.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG