"Grande injustiça castigar um modelo com 35 anos"

O FC Barcelona anunciou esta quinta-feira que vai recorrer nos próximos 10 dias à FIFA para que seja suspensa a proibição de contratar futebolistas até ao verão de 2015, avançando já com uma providência cautelar.

O presidente do clube catalão, Josep Maria Bartomeu, disse mesmo que, caso as pretensões não sejam atendidas pelo comité de apelo da FIFA, o Barcelona levará o caso ao Tribunal Arbitral do Desporto (TAS).

Em causa está o castigo imposto pela FIFA ao clube espanhol pelo facto deste ter contratado futebolistas comunitários com menos de 16 anos e extracomunitários menores de 18, na sequência de investigação realizada entre 2009 e 2013.

"Estes apelos serão feitos juntamente com a federação espanhola, com a qual temos estado em contacto nos últimos dias", esclareceu.

O dirigente afirmou que o clube está "totalmente de acordo com a proteção de menores, evitando que sejam utilizados sem escrúpulos".

"No FC Barcelona sempre defendemos estas práticas, mas não é o nosso caso. Temos um centro de formação, um centro de excelência e que é um exemplo para todo o Mundo", vincou, revelando a "indignação" pela sanção e considerando uma "grande injustiça castigar um modelo com 35 anos".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG