Crespo diz que Ancelotti o convidou para adjunto

O ex-internacional argentino admitiu ter conversado com Ancelotti sobre uma possível estreia de Crespo como treinador, sendo apontado como seu assistente, caso se concretize a mudança do italiano para o Real Madrid.

Hernán Crespo poderá vir a ser treinador adjunto de Carlo Ancelotti no Real Madrid, caso se confirme a saída do técnico do PSG para o Santiago Bernabéu. Foi o próprio argentino que o admitiu ao periódico italiano La Gazzeta dello Sport.

"Não o nego, é uma hipótese. Entretanto, se me der bem, terei o título de treinador e esta é uma das hipóteses para o meu futuro", explicou o ex-alviceleste ao jornal, acrescentando que "Carlo Ancelotti está no Paris Saint-Germain, e a história termina aí", mas admitindo já ter conversado com o seu ex-treinador sobre essa possibilidade.

Crespo, de 38 anos, foi treinado por Ancelotti aquando das suas passagens pelo Parma e pelo AC Milan, e após várias tentativas dos "merengues" o contratarem enquanto era jogador, o cenário mais provável será rumar a Madrid como técnico.

Por sua vez, os parisienses parecem procurar uma alternativa a Ancelotti, sendo Laurent Blanc, ex-defesa central francês, apontado pelo Le Parisien como possível sucessor do italiano no comando do Paris Saint-Germain.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG