CR7 perdoa Pepsi e anuncia campanha de solidariedade

Cristiano Ronaldo escreveu na sua página de Facebook que aceitou as desculpas da Pepsi, que numa fotografia divulgada antes do jogo decisivo de Portugal contra a Suécia, "atropelou" o jogador português.

"Ninguém é perfeito e todos erramos. O mais importante é pedir desculpas e demonstrar que o que sentes é verdadeiro. Por isso... desculpas aceites, Pepsi!", escreveu o jogador na sua página oficial do Facebook. "E como em Portugal uma ação vale mais que mil palavras, temos estado a trabalhar no apoio a uma causa solidária que desvendaremos em breve. Fiquem atentos!", acrescentou.

Nas fotos da polémica, a marca de bebidas mostrava um boneco vestido com as cores da seleção nacional e com o número 7 (de Cristiano Ronaldo) amordaçado e amarrado a uma linha de comboio. A imagem tinha depois a frase "Vamos passar por cima de Portugal", antes do jogo decisivo de novembro que acabou por ditar a qualificação da seleção portuguesa para o Mundial de Futebol, no Brasil.

A campanha da Pespi da Suécia causou polémica em Portugal, com a marca a ser atacada nas redes sociais. Mesmo na entrada no Facebook em que CR desculpava a Pepsi, muitos dos comentários eram de adeptos que referiam que nunca mais vão consumir a bebida.

No jogo decisivo da segunda mão do play-off, Portugal venceu a Suécia por 3-2, com três golos de Ronaldo (que já tinha marcado o único golo na primeira mão, no estádio da Luz). Já depois da vitória da seleção na Suécia, a Pepsi Portugal pedia desculpas na sua página do Facebook a todos os que "se sentiram ofendidos" pelas imagens polémicas - noutras CR aparecia com a cabeça esmagada por uma lata da bebida e transformado em boneco de vudu.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG