Chelsea perde, Mourinho expulso e liderança em risco

O Man. City é a única equipa a depender de si própria para vencer a Premier League, depois de o Chelsea ter perdido em casa do Aston Villa, num jogo que terminou reduzido a nove e sem Mourinho.

O Chelsea está em risco de perder a liderança da Premier League, após ter saído derrotado do reduto do Aston Villa, em Birmingham, por 1-0, em jogo da 30.ª jornada, marcada pela expulsão de José Mourinho, que pode falhar o dérbi com o Arsenal.

O inglês Fabian Delph fez, aos 82 minutos, o golo que derrotou o Chelsea, que terminou o desafio reduzido a nove unidades, devido à expulsão dos brasileiros Willian (68') e Ramires (90+3'), que vão falhar o dérbi com o Arsenal, no qual os gunners poderão "empurrar" os blues para fora do segundo lugar.

José Mourinho também foi expulso, nos "descontos", após se ter dirigido ao árbitro, mas o técnico foi surpreendido pela decisão e ficou incrédulo: "O que é que eu fiz? O que é que eu fiz?", questionou, insistentemente, ele que também poderá falhar o duelo com Wenger, dependendo do eventual castigo da Federação Inglesa.

O Chelsea mantém o primeiro lugar, com 66 pontos, mas já não depende de si próprio para ser campeão, pois o City (60 pontos) tem três jogos a menos, por isso se os vencer ascenderá ao primeiro lugar.

O Arsenal, de resto, depende de si próprio para ser 2.º classificado, pois soma 59 pontos, tem dois jogos a menos e na próxima jornada desloca-se a Stamford Bridge, no dia 22 de março.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG