Beckenbauer tem conceção de jogo diferente de Guardiola

O presidente honorário do Bayern de Munique, Franz Beckenbauer, admitiu que a sua "conceção de jogo" é diferente de Pep Guardiola, após o jogo de terça-feira frente ao Arsenal, da Liga dos Campeões de futebol.

As declarações de Beckenbauer a uma estação televisiva surgiram na sequência de um lance no jogo frente ao Arsenal, da segunda mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, em que o jogador Bastian Schweinsteiger optou por rematar à baliza ao invés de passar a bola, sendo depois reprimido pelo técnico espanhol Pep Guardiola.

O presidente honorário afirmou que frente a equipas que se fecham bastante, rematar de longe seria uma "fórmula" mais eficaz para chegar ao golo e que qualquer dia ninguém os iria querer ver jogar devido ao futebol aborrecido "porque quando chegam a linha de golo voltam a passar a bola para trás".

Já não é a primeira vez que Beckenbauer faz críticas ao futebol baseado na posse de bola tendo sido o treinador holandês Louis Van Gaal, na segunda época ao comando do Bayern de Munique, o anterior alvo do alemão.

Após as derrotas com o Dortmund, em que o Bayern teve maior posse de bola, disse na altura com ironia que teriam de ser feitas duas classificações, "uma por pontos em que ganha o Dortmund, e outra pela posse de bola em que ganha o Bayern".

Mais Notícias

Outras Notícias GMG