Frederico Morais termina em nono na piscina de ondas na Califórnia

O Jeep Surf Ranch Pro realiza-se na piscina de ondas artificiais desenvolvida pelo norte-americano Kelly Slater, onze vezes campeão mundial,

O surfista português Frederico Morais obteve o 13.º melhor registo no Surf Ranch Pro, prova da Liga Mundial de Surf (WSL) disputada na piscina de ondas em Lemoore, na Califórnia, que lhe confere os pontos equivalentes ao nono posto.

O único atleta luso que integra a elite do surf mundial entrou hoje na água, na ronda bónus, para tentar melhorar a pontuação de 13,67 (7,00 + 6,67) nas suas duas melhores ondas que trazia da ronda de qualificação, de forma a integrar o lote de oito surfistas apurados para as meias-finais, do total de 36, mas não conseguiu.

Os 6,63 pontos amealhados hoje por 'Kikas' na onda para a direita, e os 5,70 na onda para a esquerda, foram insuficientes para o surfista de 29 anos seguir em frente, pelo que fica no lote de atletas que conquistam os pontos equivalentes ao nono posto (entre o 9.º e o 16.º).

O Jeep Surf Ranch Pro, que começou na sexta-feira e termina hoje na piscina de ondas desenvolvida pelo norte-americano Kelly Slater, onze vezes campeão mundial, é a sexta etapa do circuito principal da WSL, e a única disputada em ondas artificiais.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG