Fórmula 1 anuncia: as "grid girls" vão mesmo acabar

As jovens que caminham na grelha de partida ou que encaminham os pilotos ao pódio vão deixar de aparecer

A Fórmula 1 anunciou hoje que as "grid girls" vão mesmo acabar. A questão estava a ser ponderada há algum, por não se enquadrar nos padrões sociais modernos, e foi agora oficializada.

Comparáveis às chamadas "meninas da Volta", as "grid girl" - as jovens que caminham na grelha de partida ou que encaminham os pilotos ao pódio - deixarão de existir já na próxima época de Fórmula 1, que arranca a 25 de março na Austrália.

"Ao longo do último ano, analisámos uma série de áreas que julgámos necessitarem de ser atualizadas de modo a estarem em sintonia com a nossa visão para este desporto fantástico", diz Sean Bratches, diretor comercial e de operações da Fórmula 1 citado num comunicado.

"Embora a prática de usar 'grid girls' tenha décadas, achamos que esse hábito não se coaduna com os nossos valores e está claramente em desacordo com as normas da sociedade moderna", acrescenta, dizendo que a contratação destas hospedeiras não é apropriada ou relevante para o desporto e para os seus fãs.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG