Finlândia deteta 80 infeções pelo novo coronavírus em adeptos vindos da Rússia

As autoridades de saúde da Finlândia detetaram 80 casos positivos ao novo coronavírus entre os adeptos que foram testados no regresso de São Petersburgo, onde a seleção finlandesa se despediu do Euro2020 de futebol, na segunda-feira.

O Instituto finlandês da Saúde e Bem-estar (THL) advertiu que estes dados são preliminares e que o número real de contágios pode aumentar, pedindo aos adeptos que assistiram ao jogo na Rússia que realizem testes PCR numa 'janela' de 72 horas.

"A pandemia da covid-19 na Rússia agravou-se rapidamente em junho. A incidência acumulada em São Petersburgo é de 240, enquanto na Finlândia é de 19, com o risco de infeção em São Petersburgo a ser claramente superior", indicou o THL.

Na terça-feira, mais de 3.000 adeptos finlandeses estiveram mais de três horas na fronteira com a Rússia, com temperaturas na ordem dos 30 graus celsius, para realizarem testes PCR, levando as autoridades a permitirem a entrada de 800 adeptos sem teste, face à falta de meios, temendo agora um aumento dos contágios 'importados'.

A Finlândia 'despediu-se' do Euro2020, na segunda-feira, naquela que foi a sua primeira presença numa fase final, após perder com a Bélgica por 2-0, terminando o Grupo B em terceiro lugar, mas com pior desempenho do que os quatro melhores terceiros apurados.

No grupo apuraram-se Bélgica, que vai defrontar Portugal nos oitavos de final, no domingo, em Sevilha, e Dinamarca, enquanto a Rússia terminou em quarto.

Dinamarca pede testagem de adeptos que estiveram no jogo contra a Bélgica

As autoridades sanitárias da Dinamarca apelaram hoje à testagem à covid-19 aos espetadores do jogo entre a seleção escandinava e a Bélgica, em 17 de junho, para o Euro2020 de futebol, após três casos de infeção.

Em causa está a deteção de três infetados pela variante delta do novo coronavírus, tendo o ministro da Saúde da Dinamarca admitido que cerca de 4.000 pessoas tenham estado perto destes adeptos.

A Dinamarca reportou 247 casos desta nova variante desde 02 de abril.

A Bélgica, que vai defrontar Portugal nos oitavos de final da competição, na cidade espanhola de Sevilha, no domingo, bateu a Dinamarca, por 2-1, no encontro disputado em Copenhaga, a contar para o Grupo B.

Os cerca de 25 mil espetadores presentes no estádio dinamarquês estavam obrigados a apresentar um teste à covid-19 negativo, prova de vacinação ou certificado de infeção anterior.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG