FIFA remete para comunicado de quarta-feira

"Comité de Ética decidiu abrir investigação sobre supostos acordos entre federações filiadas envolvendo a escolha das sedes dos Mundiais de 2018 e 2022", lê-se no comunicado.

Uma fonte da assessoria de imprensa da FIFA, contactada pela Agência Lusa, recusou fazer qualquer comentário sobre uma alegada investigação à candidatura ibérica ao Mundial2018, remetendo para o comunicado da última quarta-feira.
O jornal Daily Telegraph noticiou esta quinta-feira que as candidaturas ibérica e do Qatar estão a ser investigadas pela Comissão de Ética da FIFA, por suspeitas de corrupção nos processos de atribuição dos mundiais de 2018/22.
A fonte da FIFA não revelou quais as candidaturas que estão a ser investigadas, remetendo para o último parágrafo do comunicado divulgado na quarta-feira sobre a investigação a uma alegada venda de votos na atribuição dos mundiais de 2018 e 2022.
"Também a pedido da FIFA, o Comité de Ética decidiu abrir investigação sobre os supostos acordos entre federações filiadas à entidade e as suas comissões de candidatura envolvendo a escolha das sedes do Mundial da FIFA em 2018 e 2022", lê-se.
De acordo com o mesmo documento, "a conduta configuraria violação do documento de registo de candidatura e do Código de Ética. A decisão sobre o caso também será tomada na reunião do Comité de Ética a meio de novembro, após investigação cuidadosa".
Na quarta-feira, o Comité de Ética suspendeu dois membros da Comissão Executiva da FIFA por os seus nomes terem sido envolvidos num alegado esquema de venda de votos no processo de escolha dos países organizadores dos dois campeonatos do Mundo.
O Daily Telegraph cita "fontes conhecedoras da investigação" para afirmar que as candidaturas de Portugal e Espanha e a do Qatar estão sob suspeita.
A Inglaterra apresentou uma das quatro candidaturas europeias à organização do Mundial de 2018, à qual também concorrem a Rússia e as candidaturas conjuntas de Portugal e Espanha e da Bélgica e da Holanda.
Ao Mundial de 2022 concorrem Qatar, Estados Unidos, Japão, Austrália e Coreia do Sul, estando a reunião da FIFA para atribuição dos dois campeonatos marcada para 2 de dezembro, em Zurique, na Suíça.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG