Festival de triplos de Stephen Curry marca 71.º All Star Game da NBA

Base dos Golden State Warrios superou o anterior recorde no jogo das estrelas, que pertencia a Paul George, com nove triplos em 2016.

Um festival de Stephen Curry, autor 16 triplos e 50 pontos, marcou domingo a 71.ª edição do All Star Game da Liga norte-americana de basquetebol (NBA), que terminou pela quinta vez consecutiva com a vitória do Team LeBron.

Em Cleveland, num jogo em que, como é habitual, praticamente só se defendeu no curto quarto período, o base dos Golden State Warriors foi o que mais brilhou, com triplos para todos os gostos, para superar por sete o anterior recorde no jogo das estrelas, que pertencia a Paul George, com nove, em 2016.

A Curry, que ganhou, naturalmente, o troféu Kobe Bryant, para o Jogador Mais Valioso (MVP) do encontro, só faltou superar o recorde de pontos, de Anthony Davis (52, em 2017), o que não conseguiu porque falhou vários lançamentos na parte final.

O 30 dos Warriors acertou, ainda assim, 16 dos 27 triplos tentados (59,3%), mais um lançamento de dois pontos, em três, juntando ainda cinco ressaltos, duas assistências, dois desarmes de lançamento e um roubo de bola.

Foi, assim, a grande figura do Team LeBron, que se impôs por 163-160 ao Team Durant, num jogo em que, no último período, ao qual se chegou com a equipa do ausente Kevin Durant a vencer por 139-138, ganhava a equipa que chegasse primeiro aos 163.

O triunfo foi selado por LeBron James, que, no seu 18.º All Star Game - está a um dos 19 de Kareem Abdul-Jabbar -, terminou o embate com 24 pontos, oito assistências, seis ressaltos, três roubos de bola e um desarme de lançamento.

Na equipa vencedora, destaque ainda para os 30 pontos, 12 ressaltos, seis assistências, três roubos de bola e um desarme de lançamento do grego Giannis Antetokounmpo, um daqueles jogadores que leva sempre a sério qualquer jogo, mesmo este.

Do outro lado, esteve um jogador à sua imagem, o poste camaronês Joel Embiid, que fez tudo para ser o MVP, terminando o encontro com 36 pontos, com 14 em 20 nos tiros de campo -- cinco em oito nos triplos -, 10 ressaltos e quatro assistências.

Os suplentes Devin Booker (20 pontos), Lamelo Ball (18), Dejounte Murray (17) e Trae Young (13 e 10 assistências) secundaram Embiid.

Destaque ainda para a celebração dos 76 (75+1) melhores jogadores da história da NBA -- escolhidos nos 75 anos da competição -, que foram apresentados ao intervalo, merecendo destaque a ovação a Kobe Bryant e a presença de Michael Jordan, que, como melhor de sempre, foi o último a entrar no palco.

Entre os jogadores inicialmente convocados, Kevin Durant esteve ausente, devido à morte de uma avó, mas não jogaria devido a lesão, motivo pelo qual também não atuaram James Harden e Draymond Green, enquanto Chris Paul, também por estar lesionado, disputou apenas 2.19 minutos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG