Fernando Alonso. Depois do 'annus horribilis', um ano sabático?

Patrão da McLaren admite que o espanhol fique de fora se o carro não for competitivo. Escuderia conclui a pior época desde 1980

O pesadelo da McLaren parece não ter fim à vista - hoje, a escuderia britânica de Fórmula 1 deve terminar um Mundial sem pódios pela primeira vez desde 1980 - mas Fernando Alonso pode não ser parte dele na próxima época: Ron Dennis, patrão da equipa, admitiu ontem a hipótese de o piloto espanhol tirar um ano sabático em 2016 se o carro não for competitivo.

Com 11 pontos (fruto de um 10.º lugar na Grã-Bretanha e um 5.º na Hungria) e na 17.ª posição do campeonato, Fernando Alonso (antigo bicampeão mundial) não vivia um ano tão mau desde a época de estreia na Fórmula 1 (zero pontos em 2001, ao serviço da Minardi). O annus horribilis de 2015 tem como último capítulo o Grande Prémio de Abu Dhabi (Emirados Árabes Unidos), hoje, a partir das 13.00 (Sport TV5): o espanhol sai do 17.º lugar da grelha sem grandes perspetivas de pontuar ( o colega Jenson Button parte da 12.ª posição).

Leia mais na edição impressa ou no e-paper do DN.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG