Federação vai enviar dirigente para convencer Messi a regressar à seleção

Messi, cinco vezes Bola de Ouro da FIFA, colocou um ponto final nas suas participações pela seleção após a derrota da Argentina na Copa América

A Federação Argentina de Futebol vai enviar um dirigente a Espanha com a dupla missão de convencer Lionel Messi a regressar à seleção e o Sevilha a dispensar Jorge Sampaoli para ser o seu selecionador, segundo a imprensa local.

Armando Pérez, responsável federativo, afirmou ao diário Olé ter conversado com o pai do futebolista do FC arcelona, com quem combinou o encontro, na próxima semana, admitindo que "o mais importante é ter Messi a jogar a qualificação para o Mundial2018", na Rússia.

Messi, cinco vezes Bola de Ouro da FIFA, colocou um ponto final nas suas participações pela seleção após a derrota da Argentina na Copa América, frente ao Chile, e depois de ter falhado o golo na série de penáltis de desempate da final.

Segundo aquele periódico, o responsável federativo tem prevista, ainda, uma ida a Sevilha para convencer Sampaoli para o cargo de treinador e o clube andaluz a dispensá-lo para o efeito.

Mais Notícias