Milan avança para André Silva e Maxi tem ofertas da China

Clube italiano ofereceu 36 milhões de euros para levar avançado português. Lateral tem duas propostas daquele país asiático

André Silva e Maxi Pereira têm propostas e podem deixar o FC Porto ainda antes do final do mês, apurou o DN. Pelo jovem avançado português, o AC Milan, de Itália, ofereceu esta quinta-feira 36 milhões de euros, ao passo que o internacional uruguaio tem propostas de emblemas chineses.

As ofertas são sérias e não apenas sondagens. Fontes do mercado garantiram ao DN que a SAD portista está a estudar as duas propostas, embora os casos sejam diferentes. Os dirigentes do FC Porto não estão convencidos com a proposta por André Silva e deverão rejeitá-la; em relação a Maxi, até porque o uruguaio já tem 33 anos, admitem negociá-lo. O sul--americano aufere um dos salários mais elevados do plantel.

Jorge Mendes, empresário de André Silva, foi quem reuniu esta quinta-feira com o AC Milan e posteriormente apresentou a proposta à SAD presidida por Pinto da Costa. A oferta, contudo, é considerada baixa. O emblema italiano está bastante interessado no jovem português e deverá aumentar a parada, podendo colocar algumas cláusulas no contrato que permitirão ao FC Porto receber mais alguns milhões se o jogador atingir determinados objetivos.

A parte financeira não será um problema para o emblema de Milão, que mudou recentemente de donos, passando agora a ter capital chinês - até ao momento gastaram perto de 70 milhões de euros em três reforços: Mateo Musacchio, Ricardo Rodríguez e Franck Kessié.

Para já, no entanto, não há qualquer negócio concluído, sendo que os azuis e brancos até admitem esperar mais um pouco pela conclusão de uma eventual transferência de André Silva, dado que o avançado de 21 anos irá marcar presença na Taça das Confederações, que tem início na próxima semana.

Quanto a Maxi Pereira, fonte próxima do jogador confirmou ao DN que o internacional uruguaio tem liberdade para procurar clube para a próxima temporada. O jogador não foi dispensado, mas dado o seu elevado salário, a SAD do FC Porto está a estudar propostas. Duas delas, revelou a mesma fonte, são provenientes da China.

Contactada pelo DN, fonte do FC Porto não fez comentários sobre os dois jogadores, isto já depois de o próprio presidente Pinto da Costa não ter abordado a questão das saídas na apresentação de Sérgio Conceição. Esta semana, porém, Fernando Gomes, administrador da SAD, revelou a necessidade de os dragões venderem jogadores neste defeso.

Sérgio Conceição, treinador do FC Porto, está ao corrente da necessidade do clube realizar um encaixe significativo em transferências este defeso, para cumprir obrigações financeiras no imediato - uma das mais urgentes diz precisamente respeito ao fair-play financeiro e o clube viu ontem a UEFA aplicar-lhe um castigo (ver peça ao lado).

Nas conversas mantidas com o presidente Pinto da Costa, o novo técnico dos dragões deu prioridade à permanência de três jogadores do plantel que considera fundamentais para o seu projeto: os centrais Marcano e Felipe e ainda o médio Danilo.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG