FCP une-se à campanha pelo filho de Carlos Martins

O FC Porto uniu-se hoje à campanha de solidariedade com o filho do futebolista Carlos Martins, emprestado pelo Benfica ao Granada, apelando à doação de medula óssea. Já outros clubes o fizeram.

"Gustavo Martins, de apenas três anos e filho de Carlos Martins, necessita urgentemente de um transplante de medula", lê-se no comunicado publicado no sítio oficial dos "dragões" na Internet.

A nota solidária sublinha o apelo: "A família de Gustavo Martins está a viver o pior dos dramas, que é ter um filho doente, assim como muitas famílias anónimas, e o FC Porto apela a que todos façam testes e que ajudem a encontrar dadores compatíveis para todos os que necessitam de transplantes de medula".

No fim do comunicado, o FC Porto revela os contactos de três centros de histocompatibilidade (analisam a compatibilidade da medula óssea dos dadores) do país, no Porto, em Coimbra e em Lisboa.

Outros clubes anunciaram já o apoio a esta causa, nomeadamente o Sporting da Covilhã, o Sporting de Braga, o Portimonense e o Benfica. O Sindicato dos Jogadores Profissionais (SJFP) de Futebol manifestou também a sua solidariedade com Carlos Martins, bem como os piloto portugueses André Couto e Tiago Monteiro.

O Granada, onde Carlos Martins joga, já anunciou que quer ganhar o jogo de domingo frente ao Maiorca para dedicar a vitória ao jogador e ao filho.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG