Deco: "A minha carreira não faz sentido sem o FC Porto"

De visita à Invicta, Deco não deixou passar a oportunidade de regressar ao Estádio do Dragão para revisitar amigos e recordar alguns momentos passados com a camisola azul e branca.

No dia em que foi confirmada a festa de despedida que o antigo internacional português, Deco, pediu a Pinto da Costa há cerca de um ano, o ex-número 10 dos "dragões" garantiu que espera "uma festa e despedida bonita".

"A minha carreira não tem sentido sem o FC Porto. Foi o clube que me abriu as portas. Não faria sentido uma despedida sem o FC Porto", acrescentou o "mágico", que entre 1998 e 2004 conquistou três campeonatos nacionais, três Taças de Portugal, duas Supertaças, uma Liga dos Campeões e uma Taça UEFA pelos portistas.

Atualmente com 36 anos e retirado dos relvados desde o ano passado, Deco lamenta não ter conseguido acabar a carreira no FC Porto:

"Sempre pensei em voltar e acabar aqui, só que tive de voltar ao Brasil por razões pessoais. Era mais forte do que eu. Até por isso quis fazer a minha despedida aqui, porque a minha vontade era acabar aqui", esclareceu, no Museu do FC Porto, onde esteve sempre ao lado de Pinto da Costa.

Brasileiro de nascença mas internacional pela seleção portuguesa, em que foi vice-campeão da Europa em 2004, Deco aproveitou ainda a ocasião para garantir que vai torcer por Portugal e pelo Brasil no Mundial deste Verão:

"Portugal sempre, mas é óbvio que pelo Brasil também. É difícil escolher entre o país onde nasci e cresci e o país que me deu tudo", admitiu aos jornalistas.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG