André Silva vai deixar o FC Porto. Está já em Itália para assinar pelo AC Milan

Negócio deve ficar concluído esta segunda-feira, depois dos exames médicos

Tal como o DN escreveu na edição do passado sábado, André Silva está prestes a tornar-se jogador do AC Milan, o que pode ficar oficializado na manhã desta segunda-feira, depois de o avançado cumprir os exames médicos que tem agendados para a clínica La Madonnina. O jovem internacional português está desde ontem em Milão com o empresário Jorge Mendes para acertar a transferência, que deve realizar-se por valores próximos dos 40 milhões de euros.

Na última quinta-feira o clube italiano tinha feito chegar uma proposta na ordem dos 36 milhões de euros, como o DN escreveu, mais quatro milhões para determinados objetivos, mas o FC Porto terá tentado subir a fasquia para os 40 milhões. Não há, no entanto, ainda a confirmação da verba definitiva pela qual se deverá fazer o negócio.

Certo é que André Silva, que marcou 21 golos em 44 jogos nesta época pelos dragões, está em Milão para exames médicos, revelou na noite de domingo a edição online do jornal O Jogo e confirmou o próprio clube italiano ao site maisfutebol. Contactado pelo DN, o diretor de comunicação do FC Porto, Francisco J. Marques, disse não ter comentários sobre o assunto.

A notícia da presença do jovem avançado português, de 21 anos, e do seu empresário Jorge Mendes domingo em Milão foi também amplamente noticiada pelos media italianos, com o jornalista Gianluca DiMarzio, da Sky Sport, a revelar que houve uma reunião em Milanello com os dirigentes rossoneri Marco Fassone e Massimiliano Mirabelli. Ainda de acordo com fontes do mercado, a primeira manifestação de interesse do AC Milan por André Silva terá sido transmitida ao empresário Jorge Mendes durante a final da Liga dos Campeões, entre Real Madrid e Juventus, em Cardiff.

A concluir-se, como tudo o indica, esta transferência de André Silva, o FC Porto conseguirá concretizar a sua primeira grande venda deste verão, no qual, como é conhecido e foi mais uma vez admitido pelo administrador portista Fernando Gomes, terá de realizar um grande encaixe financeiro para cumprir o plano de recuperação acordado com a UEFA no âmbito das regras do fair play financeiro (ainda nesta semana os dragões foram multados em 700 mil euros).

No topo com Rui Costa

Caso não haja qualquer entrave de última hora na transferência, André Silva tornar-se-á o quinto jogador português a assinar pelo AC Milan, depois de Rui Costa, Paulo Futre, Pelé e Ricardo Ferreira (embora só os dois primeiros tenham jogado pela equipa principal). Mais, a confirmarem-se os valores de 40 milhões de euros, passará a ser a segunda contratação mais cara do clube milanês, só atrás de... Rui Costa. O atual administrador do Benfica custou 42 milhões de euros em 2001-02, quando trocou a Fiorentina pelo Milan.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG