FC Porto e Sporting obrigados a missões quase impossíveis

Nunca os dragões ganharam uma eliminatória após perder 2-0 fora. Os leões já conseguiram apurar-se depois de uma derrota mais pesada em casa: a vítima foi o Bröndby

O FC Porto e o Sporting têm amanhã tarefas bem complicadas na Liga Europa, pois têm de dar a volta às derrotas sofridas na primeira mão frente a equipas alemãs para garantirem o apuramento para os oitavos-de-final. Não são missões impossíveis, mas quase, conforme comprova o histórico de dragões e leões nas competições europeias.

Os portistas recebem o Borussia Dortmund com a necessidade de virar o desaire de 0-2 sofrido na Alemanha. Se tiverem êxito, será um feito inédito, pois o mais complicado que conseguiram foi recuperar de uma desvantagem de 0-1, precisamente na 2.ª eliminatória da Taça dos Campeões Europeus, que acabaria por ser conquistada pelo FC Porto na final de Viena, com o Bayern Munique. Foi perante os checos do Vitkovice, que venceram em casa graças a um penálti de Sourek, tendo os comandados de Artur Jorge superado o adversário com um 3-0, materializado com os golos de André, Celso e Paulo Futre.

Curioso é que o Sporting, o outro emblema português que amanhã estará em dificuldades, conseguiu por uma vez dar a volta a uma desvantagem de 0-2 fora de casa. A vítima foi a Atalanta, na Taça das Taças de 1963-64, que perdeu em Alvalade por 3-1. Mas como nessa altura os golos fora ainda não valiam a dobrar, teve de realizar-se um jogo de desempate em Barcelona, com vitória dos leões por 3-1.

Leia mais na edição impressa e no epaper do DN.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG