Favoritos não vacilaram no arranque da última etapa

Não há margem para erros e, por isso, os favoritos aplicaram-se no primeiro dia de competição de Bom Petisco Cascais Pro, última etapa da Liga MEO Surf em Cascais, na Praia do Guincho.

Num dia em que ondas não faltaram mas que vento houve em sobra, foram as senhoras que estrearam as condições deste primeiro dia de competição. Com as ausências de Carol Henrique, recém coroada bicampeã nacional e Teresa Bonvalot, ex-bicampeã nacional, Camilla Kemp, atual vice-campeã nacional chamou a si o favoritismo na disputa pela vitória ao qualificar-se directamente para as meias-finais, vencendo as duas baterias que disputou e fazendo a melhor média do dia nas senhoras, 13 pontos.

Com ela, qualificaram-se ainda para as meias-finais Mafalda Lopes, Concha Balsemão (que vai surfar contra Kemp) e Gabriela Dinis, sendo que para estas duas últimas surfistas é uma estreia nesta fase da competição.

Por ser a prova que vai dar a conhecer o campeão nacional da Liga MEO Surf 2017, a categoria masculina ganha natural destaque. Os candidatos ao título, sabendo que não há margem de erro, não vacilaram na primeira ronda da sua categoria, única a ir para a água neste dia inaugural de Bom Petisco Cascais Pro.

Miguel Blanco, Vasco Ribeiro e Pedro Henrique entraram a vencer, com o primeiro a conseguir a melhor média do dia, 15,15 pontos, e Henrique a fazer a melhor nota, 8,75, uma nota excelente. A grande surpresa foi a ausência de Tiago Pires, surfista que também estava na luta pelo título nacional e que não pôde comparecer na sua bateria, ficando assim definitivamente afastado da luta pelo principal troféu nacional da modalidade.

Assim, a grandes decisão da etapa ficam adiada para amanhã, sexta-feira, dia 15 de Setembro, sendo que a chamada para o recomeço da competição, na praia do Guincho, está marcada para as 7:45, com um possível início às 8:00.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG