Extreme Sailing Series. Uma tarde para esquecer no Funchal

Se ontem, no Funchal, o dia foi quase de sonho, hoje, pelo contrário, foi para esquecer. O vento só permitiu uma regata a sério.

A equipa dinamarquesa SAP Extreme, com o neozelandês Adam Minoprio ao leme e o português Renato Conde como chefe da equipa de terra, continua na liderança do circuito madeirense da Extreme Sailing Series, o campeonato mundial dos catamarãs voadores GC32.

Tendo-se realizado apenas uma regata, onde ficou em segundo lugar atrás dos suiços da Alinghi, , a equipa manteve a vantagem que tinha sobre ps segundos, os homens do Oman Air, uma tripulação liderada pelo norte-americano Phil Robertson.

As más notícias começaram logo ao princípio da tarde, antes ainda de ser dado o tiro de partida para a primeira regata. A equipa Red Bull Extreme Sailing, do veteraníssimo velejador austríaco Roman Hagara, capotou, ao largo. Ninguém se aleijou mas o capotanço foi grave: o catamarã ficou 180º virado ao contrário, com o mastro, a vela grande e as velas de proa - tudo completamente submerso.

As operações para o endireitarem duraram mais de uma hora e meia - e foi preciso Renato Conde e os seus companheiros irem dar uma ajuda. O catamarã foi rebocado à pressa para terra, metendo muita água num dos cascos e correndo assim riscos de afundar. Amanhã deverá voltar ao mar.

E depois, o vento. Confuso, sempre a rondar, às vezes 180º, uma vezes a zero nós e logo a seguir a 25, obrigando a constantes reconfigurações do campo das regatas. Com a bancada do cais 8 cheia de gente - hoje é feriado, os madeirenses celebram o seu dia da Região - a organização foi providenciando pequenas regatas de exibição. Com a prova a ser transmitida em direto no You Tube, os animadores lá fizeram o que puderam para ir "enchendo" a emissão durante quase três horas e meia.

Ao fim da tarde, lá se conseguiu dar o tiro de partida para uma regata a sério. A equipa Alinghi - vencedora do campeonato de 2016 - partiu à frente e segurou a posição até ao fim, com o SAP Extreme em segundo. O circuito madeirense - o terceiro da época, depois do Omã e da China - termina amanhã.

Classificação (após 15 regatas)

1º SAP Extreme 159 pontos

2º Alinghi 152

3º Oman Air 150

4º NZ Extreme 134

5º Red Bull Extreme Sailing 131

6º Land Rover BAR 114

7º Team Extreme 105

[O DN viajou a convite do Turismo da Madeira]

Mais Notícias

Outras Notícias GMG