Ex-futebolista morre aos 32 anos quando participava numa corrida

Gabriel Badilla, ex-jogador da Costa Rica que participara no Mundial 2006, perdeu os sentidos a 200 metros da meta

O ex-futebolista da Costa Rica Gabriel Badilla, que disputou o Mundial 2006, na Alemanha, morreu hoje, aos 32 anos, quando participava numa corrida.

Segundo fonte da Cruz Vermelha, citada pela agência EFE, Badilla tinha sido operado ao coração em 2013. O antigo futebolista, que somou 25 internacionalizações pela Costa Rica, perdeu os sentidos a cerca de 200 metros da meta da corrida que disputava em Lindora, na distância de 10 quilómetros, acabando por morrer, já depois de ser assistido pela equipa médica de serviço.

Badilla, 'El Gladiador', como era conhecido pela sua entrega em campo, tinha sido operado ao coração em 2013, para extrair um tumor benigno.

Em junho, deixou o Saprissa, o seu clube de sempre, e 'arrumou as chuteiras', para dedicar mais tempo à família.

"Obrigado, Gladiador. Até sempre, capitão. Obrigado por tantas glórias. Estarás sempre nos nossos corações. A nossa grande família está de luto", escreveu o Saprissa nas redes sociais.

No Mundial 2006, na Alemanha, a Costa Rica não foi além da fase de grupos, só com derrotas nos três jogos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG