Três com lugar em risco

Fernando Santos vai mexer na equipa para o jogo de sábado com a Áustria. Vieirinha, Moutinho e Danilo são os candidatos a deixar o onze, mas o selecionador, sem mencionar nomes, recusa que as mexidas sejam castigos

Fernando Santos não o admite taxativamente mas vai alterar o onze no jogo fundamental com a Áustria. O DN sabe que os principais candidatos à saída são o lateral-direito Vieirinha e os médios Danilo e João Moutinho. Sem querer particularizar, Fernando Santos admitiu ontem, em duplo encontro com os jornalistas portugueses - conversa e conferência de imprensa -, que houve "alguns jogadores" que não estiveram no seu melhor frente à Islândia, mas depois, logo a seguir e projetando já o jogo de depois de amanhã com a Áustria, referiu que serão normais quaisquer modificações que surjam: "É sempre natural refrescar a equipa porque praticamente não vamos treinar, são dois dias em que não vamos fazer grandes coisas e há jogadores que recuperam, nesta fase da época, mais rapidamente do que outros."

Usando estas premissas, até para proteger quem vai perder o lugar, Santos vai proceder a alterações. Pelo menos duas... sendo muito provável que sejam três. No meio-campo, Danilo não correspondeu. E desde cedo que foi repreendido. "Tinha que ver com os pontapés de baliza do adversário, que estavam a ser um problema para nós. Tivemos muitas dificuldades em ganhar bolas aéreas. Portanto, o Danilo tinha de encostar a um dos lados", explicou Santos.

Aliás, Danilo acabou o jogo com dores nas costas. Ontem foi examinado mas hoje vai treinar sem limitações. Sábado, no entanto, deve perder o lugar para William Carvalho, com grande margem de certeza.

Outra saída quase certa do onze será a de João Moutinho. O médio do Mónaco está distante da sua forma física e foi rendido no jogo de estreia por Renato Sanches, que deve disputar com Adrien o lugar em aberto.

Repetimos, Fernando Santos não particulariza, mas há frases do seu discurso que assentam que nem uma luva a este ou aquele jogador. "Controlámos bem o jogo mas falhámos em assumir o risco. Tínhamos de assumir mais para criar problemas no adversário sem nos desequilibrarmos. Um bocadinho mais de objetividade não teria feito mal". Esta ideia cola-se a Moutinho, e não só, mas o médio era o homem que fazia circular a bola, uma espécie de bússola do meio-campo e da equipa. Finalmente Vieirinha. O lateral é talvez dos três em risco aquele que tem mais hipóteses de repetir a titularidade, mas o facto de ter ficado ligado ao golo e ainda de ter cruzado muito mas com pouco acerto pode valer a sua substituição por Cédric.

"Não vou assumir que não vai haver nenhuma alteração, temos três dias de recuperação. Não será porque o A,B, ou C esteve mal. Há que pensar como está a capacidade física dos jogadores", disse Fernando Santos que não afastou a coabitação de Ronaldo, Nani... e Quaresma.

Sejam quais forem os critérios e o respetivo peso para o selecionador, Vieirinha, Danilo e João Moutinho têm os lugares em risco.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG