Federação croata multada e probida de vender bilhete a adeptos violentos

O Comité de Controlo, Ética e Disciplina da UEFA proibiu esta segunda-feira a federação croata de futebol de vender bilhetes a adeptos violentos, devidamente identificados, até final do Euro 2016.

As sanções impostas à federação croata (HNS) implicam, ainda, uma multa de 100 mil euros. O castigo saiu da reunião do comité esta segunda-feira, para discutir os distúrbios causados pelos adeptos da Croácia - uso de artefactos pirotécnicos, lançamento de petardos para o terreno de jogo e comportamentos racistas - no encontro com a República Checa (2-2), do Grupo D do Euro 2016.

Estas punições são passíveis de apelo. No entanto, fica afastado o pior cenário para os croatas: a possibilidade de serem castigados com a desqualificação do Euro 2016, com pena suspensa, como aconteceu à Rússia, devido aos graves desacatos provocados pelos seus adeptos no encontro com a Inglaterra (1-1), do Grupo B.

Em dez dias de competição, a UEFA já abriu procedimentos disciplinares contra oito federações.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG