"Eu sou o melhor jogador da História"

Após a quinta Bola de Ouro, capitão da seleção nacional autoproclama-se o melhor futebolista de sempre, em entrevista à France Football

Cristiano Ronaldo saiu de Paris no topo da lista dos prémios de melhor do mundo, após o penta na Bola de Ouro que o igualou ao rival Lionel Messi, e com uma firme convicção, confessada na tradicional entrevista à France Football, revista que organiza o prémio. "Eu sou o melhor jogador da História, nos bons e nos maus momentos", disse.

À pergunta da revista francesa sobre se se considera o melhor futebolista de todos os tempos, o capitão da seleção portuguesa começou por responder que não vê "ninguém melhor" do que ele. E depois justificou a apreciação. "Nenhum jogador faz coisas que eu não faça, mas eu vejo coisas que outros não conseguem fazer. Não há jogador mais completo do que eu. Sou o melhor jogador da História. Nos bons e nos maus momentos."

Aos 32 anos, Cristiano Ronaldo conquistou a quinta Bola de ouro da carreira, nove anos depois da primeira. Foi também a quarta nos últimos cinco anos, o que lhe permitiu igualar a rivalidade direta com o argentino Lionel Messi, numa luta que chegou a estar desequilibrada em 4-1 a favor do jogador do Barcelona. Ronaldo admitiu nesta entrevista à France Football que o domínio do argentino o estava a incomodar.

"É engraçado... Ganhei uma Bola de Ouro antes do Messi. Depois ele passou-me e ganhou quatro de seguida. Não escondo que me senti triste e com raiva. Ia às cerimónias e nunca ganhava. Chegou um ponto em que estava desmotivado, não queria mais ir. Estar lá só para a foto não me interessava", confessou.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG