Em Espanha já há campeão: Real Madrid festeja o 35.º título

O Real Madrid conquistou o 35.º título de campeão espanhol de futebol a quatro jornadas do final do campeonato, depois de golear em casa o Espaynol por 4-0, em jogo da 34.ª jornada.

A equipa orientada pelo italiano Carlo Ancelotti marcou por intermédio do brasileiro Rodrygo, aos 33 e 43, com Asensio a ampliar a vantagem, aos 55, e o francês Karim Benzema, aos 81, a fechar as contas, com os 'merengues' a reforçarem o estatuto de recordista de títulos, com mais nove do que o FC Barcelona.

Com este triunfo e a quatro jogos do fim, o Real Madrid soma 81 pontos em 34 jogos, mais 17 do que o Sevilha e mais 18 do que o FC Barcelona (menos um jogo), e garantiu assim o título de campeão, que tinha conquistado pela última vez na época 2019/2020, sucedendo agora aos rivais do Atlético de Madrid.

Este título tem um sabor especial para o italiano Carlo Ancelotti, pois entrou para a história como o primeiro treinador a ser campeão nas cinco grandes Ligas europeias - Itália, Inglaterra, França, Alemanha e Espanha -, num impressionante palmarés com 22 títulos em 27 anos de carreira.

Depois do título de há dois anos ter sido celebrado à porta fechada, devido à pandemia, hoje os 'blancos' voltaram a poder festejar com os seus adeptos, que lotaram o espaço disponível do Santiago Bernabéu.

Com quase todos os habituais titulares no banco, excetuando o guarda-redes belga Courtois e o médio criativo croata Modric - quarta-feira disputa-se a segunda mão das meias-finais da Liga dos Campeões, depois da derrota por 4-3 em casa do Manchester City -, o jovem internacional brasileiro Rodrygo assumiu o protagonismo.

Aos 33 minutos, de costas para a baliza, recebeu passe de Modric e reposicionou-se entre contrários, inaugurando o marcador.

Volvidos 10 minutos, finalizou, com sucesso, um lance começado com roubo de bola ofensivo, em cima da área adversária.

Se dúvidas houvesse de que o título seria celebrado hoje, Marco Asensio fez questão de as desfazer, aos 55, em contra-ataque culminado com forte remate cruzado, após nova recuperação de bola.

Aos 81, os 'suplentes' Vinicius Júnior assistiu o seu habitual companheiro de ataque Benzema para o 4-0, que permitiu à dupla ofensiva celebrar um novo tento pelos 'merengues', o 26.º do francês no campeonato.

Com o 321.º golo pelo Real Madrid, em todas as competições, Benzema ficou a dois dos 333 de Raul pelo colosso espanhol, num pódio liderado por Cristiano Ronaldo, com 450.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG