É oficial. João Mário assina pelo Benfica

Benfica confirmou esta terça-feira a contratação de João Mário

O Benfica confirmou, esta terça-feira, a contratação de João Mário com um vídeo nas redes sociais.

O médio internacional português, de 28 anos, já é jogador do clube da Luz depois de rescindir com o Inter Milão, na segunda-feira, tendo estado na última temporada a representar o Sporting a título de empréstimo.

João Mário tinha sido contratado pelo Inter ao Sporting por 40 milhões de euros em 2016, mas nunca se conseguiu afirmar no clube italiano, somando apenas 69 partidas e quatro golos pelo clube transalpino. Foi emprestado a West Ham, Lokomotiv Moscovo e, na última época, ao Sporting, onde ajudou a equipa de Rúben Amorim a conquistar o título de campeão nacional, 19 anos depois.

Inicialmente, o valor da saída do jogador do Inter estava estipulado em 7,5 milhões de euros, uma verba que o Benfica estaria disposto a pagar, mas uma alegada cláusula de preferência a favor do Sporting poderia obrigar os italianos a indemnizarem o clube 'leonino'.

Já na segunda-feira, o Inter comunicou a saída oficial de João Mário, revelando ter "chegado a acordo com o jogador" para "a resolução do contrato", num cenário que libertava o médio sem custos.

João Mário fez praticamente toda a sua formação como futebolista no Sporting, clube ao qual chegou com 10 anos para as 'escolinhas', cumprindo todas as etapas até se estrear pela equipa principal com 18 anos, em 2011/12.

A afirmação ainda demoraria a chegar, com o médio a ter de esperar mais duas épocas para ser uma aposta, já depois de ser emprestado ao Vitória de Setúbal, em 2014/15, pelas mãos do treinador Marco Silva.

O futebolista esteve nessa época em 45 jogos e marcou sete golos, registo idêntico ao de 2015/16, já sob orientação de Jorge Jesus.

Em 2016, o médio saiu do Sporting após uma época em que o clube esteve em 'acesa' luta pelo título, terminando a dois pontos do rival Benfica, e depois de se sagrar também campeão europeu com Portugal.

Em Itália, a vida não foi fácil para o jogador, com grande dificuldade em impor-se na equipa transalpina, que acabou por cedê-lo, em épocas alternadas, ao West Ham (2017/18), ao Lokomotiv Moscovo (2019/20) e ao Sporting (2020/21), clube pelo qual se sagrou campeão nacional.

Agora, João Mário vai reencontrar Jorge Jesus, com quem trabalhou no Sporting, mas no grande rival Benfica.

Atualizado às 11:17

Com Lusa

Mais Notícias

Outras Notícias GMG