Exclusivo Duplo amputado escala montanha de 8000 metros só com a força dos braços

Rusdam Nabiev, militar russo, perdeu as duas pernas em 2015 quando o quartel onde estava ruiu. No dia 2 de outubro chegou ao topo da Manaslu (Nepal), a oitava montanha mais alta do mundo. Foi o primeiro duplo amputado a conseguir tamanha façanha.

Rustam Nabiev, de 28 anos, tornou-se há poucos dias no primeiro duplo amputado a escalar uma oito mil, como são conhecidas as montanhas com mais de 8000 metros. A montanha em causa foi a Manaslu (a oitava mais alta do mundo), situada no Nepal, que tem uma altura de 8.163 metros. Nabiev chegou ao topo no dia 2 de outubro, numa expedição de 35 dias em que contou com o auxílio de cinco sherpas.

"Durante este tempo caminhei sobre as minhas mãos umas 50 horas e 35 quilómetros, e dei mais de 105 mil golpes com a picareta no gelo. Isto é possível? Como consegui aguentar? De onde me veio tanta força? São questões que coloco a mim mesmo", desabafou o alpinista russo na rede social Instagram.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG