Clube de Villas-Boas dá 71 milhões por Óscar

Shanghai SIPG formalizou proposta pelo médio-ofensivo do Chelsea, que pode bater o recorde de transferências na Ásia e no Chelsea

O clube chinês de futebol Shanghai SIPG, que é treinado pelo português André Villas-Boas, ofereceu 60 milhões de libras (71 milhões de euros) pelo médio brasileiro Óscar aos ingleses do Chelsea, avança hoje a imprensa da China.

Se o valor se confirmar, Óscar torna-se o jogador mais caro de sempre a rumar à China, ultrapassando o brasileiro Hulk.

O ex-avançado do Futebol Clube do Porto foi comprado, em junho passado, também pelo Shanghai SIPG, aos russos do Zenit, por 55,8 milhões de euros.

Hulk tornou-se também o jogador mais bem pago na China, com um salário anual de 20 milhões de euros.

Villas-Boas terá já tentando contratar Óscar quando orientava o inglês Tottenham Hotspur (2012-13).

No total, as 16 equipas que disputam a Superliga chinesa investiram este ano 400 milhões de euros na contratação de jogadores estrangeiros, quase três vezes o montante gasto em 2015.

Entre janeiro e junho, o recorde da transferência mais cara no país foi batido em cinco ocasiões.

Os antigos futebolistas do FC Porto Jackson Martínez e Fredy Guarín ou Ramires, que já alinhou pelo Benfica, são alguns dos nomes que rumaram à China desde janeiro.

Caso o negócio se confirme, o Chelsea, que pagou 25 milhões de euros por Óscar, em 2012, consegue a sua venda mais cara de sempre.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG