Exclusivo Carvalhal vs. Jesus. O sociável e o professor num duelo a pensar na Champions

José Pedro, adjunto de Silas e autor do primeiro golo nos confrontos entre os técnicos de Sp. Braga e Benfica, considera-os os melhores que teve na carreira e antevê um confronto equilibrado, onde os "encarnados" têm mais a perder por partirem em desvantagem

Este domingo (20.00, Sport TV1), Carlos Carvalhal e Jorge Jesus voltam a encontrar-se esta temporada pela terceira vez - num embate que terá um novo e último episódio a 23 de maio, na final da Taça de Portugal - para um Sp. Braga-Benfica que promete ser escaldante. As duas equipas estão separadas, às 23ª jornada, por dois pontos e quem não conseguir a vitória na partida da Pedreira pode ficar com a vida complicada - se o título já parece uma miragem, até porque ainda há o FC Porto à frente na corrida por encurtar distâncias para o líder Sporting - ainda há duas vagas que podem dar acesso à Liga dos Campeões do próximo ano.

Nas partidas já disputadas este ano, o técnico bracarense, tanto de nascimento como de clube que representa, levou a melhor nas duas ocasiões: venceu na Luz na primeira volta da Liga, por 3-2, e repetiu a proeza nas meias-finais da Taça da Liga, por 2-1, dando sequência a uma época verdadeiramente excecional para o emblema minhoto. Curiosamente, antes desta época, nunca Carvalhal tinha levado a melhor sobre Jorge Jesus em oito jogos, saindo inclusivamente duas vezes goleado do duelo com o colega amadorense: uma ao serviço do Vitória FC, de Setúbal (na primeira volta dessa época, tinha conseguido empatar graças a um autogolo de... Rúben Amorim), outra quando estava no Sporting, num embate da Taça da Liga em que os leões jogaram praticamente toda a partida com menos um elemento, devido à expulsão madrugadora de João Pereira.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG