Acabou o sonho do Caldas. O Desp. Aves estreia-se no Jamor

Equipa do Campeonato de Portugal ainda levou a decisão para prolongamento, mas um bis de Vítor Gomes dissipou as dúvidas. Avenses venceram 1-2.

Para o Caldas, foi um sonho que acabou. Para o Desp. Aves, um passo rumo ao ponto mais alto da sua história: a presença inédita na final da prova-rainha do futebol português. Esta quarta-feira, os avenses venceram no Campo da Mata (1-2) e apuraram-se pela primeira vez para o jogo decisivo da Taça de Portugal.

Vítor Gomes foi a figura de um jogo bem mais equilibrado do que a diferença entre uma equipa profissional, da I Liga (o Desp. Aves), e uma equipa amadora, do Campeonato de Portugal (o Caldas), faria supor. O médio português, de 30 anos, bisou, após os caldenses terem levado a eliminatória para prolongamento. E, assim, desfez as dúvidas: ao fim de 88 anos de história, a humilde equipa da Vila das Aves (8500 habitantes), que este ano cumpre a 4.ª temporada na I Liga, vai estrear-se no Jamor.

No entanto, os avenses tiveram de sofrer muito para vencer a 2.ª mão das meias-finais da Taça de Portugal. Ao longo de 90 minutos, a crença e abnegação dos jogadores do Caldas ditou leis (perante a desinspiração dos visitantes): bastou um golo (de Jorge Felipe, que cabeceou para a própria baliza, aos 55'), para reverter o 1-0 da 1.ª mão e levou a eliminatória para prolongamento.

Nos 30 minutos suplementares, faltaram pernas aos caldenses. E apareceu Vítor Gomes: primeiro, empurrou para o 1-1 (97'); depois, fez um golaço, num remate de primeira, aproveitando o adiantamento de Luís Paulo (107').

Foi quanto bastou: o Caldas caiu de pé, debaixo de muitos aplausos, no final de uma campanha em que afastou Arouca e Académica (de escalões superiores). E os cerca de mil adeptos do Desp. Aves que viajaram até ao Campo da Mata fizeram a festa, que continuará a 20 de maio, no Estádio do Jamor. O adversário será o vencedor do confronto entre Sporting e FC Porto.

Equipas:

Caldas - Luís Paulo; Juvenal (Filipe Cascão, 94'), Rui Almeida, Militão e Clemente; Odair (Luís Farinha, 46') e Paulo Inácio; André Simões (Marcelo, 85'), Filipe Ryan e João Rodrigues; Pedro Emanuel.

Desp. Aves - Quim; Rodrigo, Jorge Fellipe, Carlos Ponck e Nélson Lenho; Vítor Gomes, Tissone e Fariña (Braga, 61'; Mama Baldé, Alexandre Guedes (Derley, 109') e Nildo Petrolina (Hamdou, 72').

Árbitro: Fábio Veríssimo (AF Leiria)

Marcador: 1-0 Jorge Felipe (55', p.b.), 1-1 Vítor Gomes (97'), 1-2 Vítor Gomes (107')

Filme do jogo:

Mais Notícias