Merengues querem encaixar dez milhões com Garay

O Real Madrid detém 50% do passe do defesa argentino e, caso se confirme a transferência para Inglaterra no final da temporada, o clube espanhol pretende rentabilizar ao máximo o negócio.

Ezequiel Garay é um dos ativos mais valiosos do plantel do Benfica e o interesse do Manchester United continua a ser uma realidade. No entanto, esta terça-feira surgem notícias do alegado assédio do Chelsea ao internacional argentino, no sentido de acautelar uma eventual saída de David Luiz para o Barcelona.

Todavia, continuam a ser os red devils a levar vantagem no processo negocial pelo passe do central de 26 anos, algo a que o Real Madrid, que tem direito a 50% de uma futura transferência, não fica alheio.

O jornal 'Marca' avança esta terça-feira que a formação treinada por José Mourinho segue com particular interesse a situação de Garay, que vendeu às águias por 5,5 milhões de euros no verão de 2011, e acredita que o Benfica conseguirá rentabilizar o futebolista, vendendo-o pelo valor fixado na cláusula de rescisão (20 milhões de euros).

Deste modo, os campeões espanhóis receberiam ainda dez milhões de euros, montante superior ao que poderiam ter ganho se o acordo com o Manchester United tivesse ficado selado no mercado de inverno em torno dos 15 milhões.

O relato do periódico do país vizinho dá ainda conta de que Old Trafford é mesmo o destino mais provável para o defesa, sublinhando a presença assídua de Martin Ferguson, irmão de Alex Ferguson, nos jogos dos líderes da Liga para observar o jogador.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG