Gaitán ainda não será chamado para o jogo com o Estoril

Rui Vitória assumiu esta sexta-feira que o argentino ainda não está totalmente recuperado da lesão

Gaitán ainda é carta fora do baralho de Rui Vitória para o jogo deste sábado, na Amoreira, com o Estoril. "Possivelmente ainda não estará amanhã", disse o treinador do Benfica na antevisão ao jogo da 18.ª jornada, a primeira da segunda volta.

No que diz respeito ao Estoril, o técnico diz tratar-se de "uma boa equipa, que criou dificuldades ao Benfica na primeira volta, apesar do triunfo por 4-0". Nesse sentido, deixou a certeza de que "tendo em conta aquilo que a equipa vem fazendo o pensamento está apenas em vencer".

Rui Vitória reconheceu que o Benfica está a atravessar "um período bom em termos de resultados", mas avisou que este sábado "o jogo tem uma história diferente, que não tem a ver com o passado". Assim, admite que a sua equipa "está em fase de crescimento acentuado", mas o importante é que os jogadores "têm e querem ganhar os jogos todos".

Questionado sobre o balanço que faz da primeira volta, Rui Vitória não quis fazer grandes comentários, pois defende que "esta é altura para trabalhar", pois "cada jogo é uma oportunidade para vencer". "No final acertaremos as contas", resumiu.

As queixas de Jorge Jesus sobre o facto de estarem a tentar desestabilizar o Sporting por causa das alegadas agressões de Slimani, também não mereceram resposta do treinador encarnado: "Não vou comentar os outros clubes. Esse assunto está encerrado."

Rui Vitória garantiu ainda estar em sintonia com o presidente Luís Filipe Vieira quanto à política de contratações, na sequência da chegada do avançado sérvio Saponjic, de apenas 18 anos. "Essa estratégia é definida por nós internamente. Sabemos os passos que temos de dar para o futuro. Vamos continuar assim. Podemos dizer que um jogador com maior experiência poderia ser importante, mas temos o Renato Sanches, o Nelson Semedo e o Gonçalo Guedes que tiveram bons desempenhos, inclusive na LIga dos Campeões. E este é o nosso caminho", concluiu.

Sobre a possibilidade de Sérgio Conceição, atualmente no V. Guimarães, ser apontado como o novo treinador do FC Porto na véspera do confronto entre as duas equipas no Minho, Rui Vitória foi evasivo: "Não me preocupa nada. São contas que não são comigo."

Mais Notícias

Outras Notícias GMG