Benfica tremeu mas regressa à liderança um ano depois

Beira-Mar foi estatisticamente superior ao Benfica, mas um penálti convertido por Óscar Cardozo e duas defesas "milagrosas" de Artur colocaram os encarnados na liderança isolada.

Foi difícil, mais do que o historial e as circunstâncias poderiam sugerir, mas o Benfica conseguiu aproveitar a "ajuda" do Sporting e regressar à liderança isolada da Liga, pela primeira vez desde fevereiro de 2012. Os encarnados derrotaram o Beira-Mar em Aveiro, por 0-1, graças a uma grande penalidade convertida por Óscar Cardozo, aos 16 minutos.

Foi, porém, um dos mais sofridos e difíceis triunfos do ano, diante de um Beira-Mar que fez por merecer mais do que esta derrota que "atira" a equipa de Costinha para o último lugar. Os aveirenses, na verdade, foram estatisticamente superiores em quase tudo ao Benfica: mais posse de bola, mais remates e mais ataques, mas só a eficácia ganha jogos e os encarnados voltaram a encontrá-la a partir da marca dos onze metros, com a "estrelinha" dos campeões.

Óscar Cardozo fez o seu sétimo golo de penálti na temporada, o 15.º da conta pessoal (está a sete de Jackson Martínez), e abriu caminho para o triunfo do Benfica, que apresentou um "onze" na máxima força a quatro dias de defrontar o Bordéus, na Liga Europa. O Beira-Mar, no entanto, surpreendentemente organizado e rigoroso taticamente e a chegar várias vezes à grande área do Benfica, obrigou Artur Moraes a assumir-se como uma das figuras da noite.

O guarda-redes brasileiro, atipicamente, fez mais defesas (cinco) do que o Benfica remates enquadrados com a baliza (apenas três, um de penálti) adversária. O grande destaque vai para a defesa aos 81 minutos, num lance em que todo o banco do Beira-Mar se levantou para festejar, após Bura ter desviado a bola para a baliza, mas o guardião, por instinto, fez uma excelente intervenção; na recarga, Yazalde não conseguiu finalizar.

O Benfica mantém a invencibilidade no Estádio Municipal de Aveiro (não perde com o estatuto de visitante, em Aveiro, há 20 anos) e aproveitou, à primeira oportunidade, a ocasião que o FC Porto já tinha desperdiçado: isolar-se na liderança após um deslize do rival. Há precisamente um ano, o Benfica tinha perdido o primeiro lugar para o FC Porto, em pleno Estádio da Luz. Desta vez, inicia o último terço da Liga com dois pontos de vantagem.

Filme do jogo:

90+3' Final do jogo! Um penálti convertido por Óscar Cardozo, aos 16 minutos, deu a vitória e a liderança isolada ao Benfica, pela primeira vez nesta época e mais de um ano depois de ter "largado" este estatuto. O Beira-Mar, apesar da boa réplica, saiu derrotado por 1-0 e fica sozinho no último lugar da Liga, quando faltam apenas 9 jornadas para o final do campeonato.

90+2' Substituição no Benfica. Saiu Salvio e entrou André Almeida.

90' Três minutos de compensação...

89' Substituição no Beira-Mar. Saiu Abel Camará e entrou Dano Abalo.

87' Cartão amarelo para Melgarejo, por travar um contra-ataque.

85' Substituição no Beira-Mar. Saiu Yazalde e entrou Tozé Marreco.

84' Terá sido um dos jogos mais difíceis e menos inspirados do Benfica nesta época, mas para já está a valer o que importa: a liderança isolada.

81' Que perdida do Beira-Mar! É uma incrível defesa de Artur, por instinto, que tira o golo a Bura, na sequência de um pontapé de canto. Yazalde, com a baliza aberta, não conseguiu a recarga.

79' Substituição no Beira-Mar. Saiu Jaime e entrou Serginho.

78' O Benfica serenou os ânimos e o Beira-Mar deixou de criar perigo. Costinha ainda não fez nenhuma substituição, mas prepara a primeira.

76' Lima falha por pouco! Na sequência de um pontapé de canto, Luisão rematou de forma acrobática para uma zona onde estava Lima, mas o desvio do avançado saiu um pouco ao lado.

73' Substituição no Benfica. Saiu Cardozo e entrou Carlos Martins. Jorge Jesus "fecha" o meio-campo.

70' O Benfica melhorou após a entrada de Gaitán, que está a forçar muito os ataques pelo flanco esquerdo, onde está Jaime, o pior do lado dos aveirenses, apesar de ser uma adaptação.

68' Que perdida de Cardozo! Gaitán passou por toda a gente e cruzou para o paraguaio, que só tinha que "meter o pé", mas Cardozo não reagiu ao cruzamento e deixou a bola passar.

66' Yazalde desperdiça! Depois de um cruzamento de Hélder Lopes, o avançado apareceu para desviar ao segundo poste, mas atirou por cima. O Beira-Mar já justifica algo mais que uma derrota tangencial...

65' Remate de primeira de Rúben, a passar um pouco ao lado do alvo. O Beira-Mar já rematou 14 vezes, o dobro do Benfica.

65' O Beira-Mar continua na discussão do resultado, perante um Benfica que parece estar a dormir à sombra do penálti convertido por Óscar Cardozo.

63' Substituição no Benfica. Saiu Ola John e entrou Nico Gaitán.

61' Cartão amarelo para Jaime, por falta sobre Cardozo.

59' O Benfica ainda não fez nenhum remate na segunda parte, enquanto o Beira-Mar já tentou por quatro vezes atirar à baliza de Artur.

56' Cartão amarelo para Rui Sampaio, por falta sobre Ola John.

55' Yazalde tira uma grande ocasião de golo ao... Beira-Mar. Rúben Ribeiro correspondeu a um cruzamento do lado esquerdo, mas depois viu o colega de equipa travar o remate que iria à baliza.

53' Remate forte de Jaime, sem perigo para Artur.

50' Luisão, muito seguro no jogo aéreo, volta a "limpar" um lance de perigo do Beira-Mar na grande área.

48' Nico Gaitán, Carlos Martins e Rodrigo começam a aquecer na equipa do Benfica.

46' Início da segunda parte! Bola para o Benfica. Não há alterações nos "onzes".

Estatísticas da primeira parte:

Posse de bola: Beira-Mar, 54%; Benfica, 46%.

Remates (à baliza): Beira-Mar, 10 (4); Benfica, 7 (3);

Oportunidades de golo: Beira-Mar, 2; Benfica, 2.

Pontapés de canto: Beira-Mar, 3; Benfica, 3.

Faltas cometidas: Beira-Mar, 7; Benfica, 8.

Ataques: Beira-Mar, 17; Benfica, 19.

45+1' Intervalo em Aveiro. O Benfica está a vencer o Beira-Mar, por 0-1, golo de Óscar Cardozo, de penálti, aos 16 minutos.

45' Lances que suscitam algumas dúvidas em Aveiro. Primeiro, Yazalde ficou isolado e frente a frente com Artur, mas foi assinalado fora-de-jogo, que a existir seria à tangente; depois, fora de jogo assinalado a Camará, mas desta vez erradamente, apesar de o avançado ter cabeceado ao lado.

41' Artur evita o golo! Excelente defesa do guarda-redes, a negar o golo a Abel Camará, que rematou à entrada da pequena área. Yazalde tentou a recarga, mas a defesa do Benfica limpou o lance.

40' Benfica a pressionar e a atacar mais nos últimos minutos, na procura do golo da "tranquilidade" antes do intervalo.

37' Yazalde desperdiça! Depois de um bom passe de Rui Sampaio, o avançado ficou isolado, mas perdeu muito tempo e optou por tentar o "chapéu", para Artur segurar novamente.

35' Remate forte de Ricardo Dias, para Artur segurar.

35' Yazalde tentou o cabeceamento, mas falhou por pouco. Muito mérito para este Beira-Mar de Costinha, à procura de discutir o jogo e a conseguir sair várias vezes para o ataque. Falta, porém, começar a criar lances de perigo.

33' Nota, mais uma vez, para os incansáveis adeptos encarnados, que ainda não se calaram desde o início da partida, proporcionando aos seus jogadores um ambiente digno de Estádio da Luz... e de uma partida onde a liderança está em jogo.

31' O Beira-Mar faz o seu jogo e tenta sempre sair de forma organizada para o ataque, mas ainda não criou lances de perigo. O Benfica vai controlando a partida, à procura de sair rapidamente para o ataque pelas alas.

28' Cruzamento largo de Rúben, para Artur segurar já perto da linha de baliza.

26' Cruzamento perigoso de Ola John, para Bura desviar para canto. Jaime tem a "passadeira estendida" no lado direito da defesa do Beira-Mar, ele que é defesa central mas alinha hoje como lateral, perante a falta de alternativas.

25' Apesar de estar em desvantagem, o Beira-Mar está com maior posse de bola: 56%.

22' Remate forte de Rúben Ribeiro, mas muito por cima do alvo.

21' Beira-Mar conquista o primeiro pontapé de canto da partida, após lance individual em que viu Matic cortar o cruzamento.

19' O Beira-Mar "isola-se" na distinção de pior defesa da Liga, com 39 golos sofridos, enquanto o Benfica reforça o melhor ataque, com 51 remates certeiros.

16' GOLO DO BENFICA! ÓSCAR CARDOZO FAZ O 1-0! O paraguaio bate tranquilamente Rui Rego e faz o 15.º golo da temporada, o sétimo de penálti.

14' Penálti para o Benfica! Cartão amarelo para Hugo, que evitou que a bola fosse para a baliza com o braço, após cabeceamento de Cardozo. Vai ser o paraguaio a bater...

12' Remate de longe de Abel Camará, fácil para Artur.

11' Remate perigoso de Ola John, desta vez para Rui Rego defender. O Benfica tem sinal verde para atacar pelo flanco esquerdo, uma vez que Jaime não está a conseguir travar Ola John.

10' Remate forte de Cardozo, para defesa a dois tempos de Rui Rego.

10' Salvio tentou assistir Cardozo, após cruzamento de Ola John, mas Rui Rego chegou primeiro à bola.

8' Pediu-se penálti na grande área do Beira-Mar, mas a bola bateu no peito de Rui Sampaio, e não no braço, apesar da abordagem "perigosa" do médio.

7' Costinha, em estreia no Municipal de Aveiro, opta por uma estratégia de pressão à saída do meio-campo do Benfica, procurando, acima de tudo, impedir que Matic e Enzo Pérez iniciem a fase de construção.

5' Abel Camará a tentar o remate, mas muito ao lado do alvo.

3' Pressão forte do Benfica nos primeiros minutos, claramente à procura de marcar e resolver cedo.

1' Lima não marca por centímetros! O brasileiro ganhou em velocidade à equipa do Beira-Mar, completamente desposicionada, e fez um "chapéu" a Rui Rego, que bateu na malha superior da baliza.

1' A 'speaker' bem tenta puxar pelo Beira-Mar, mas os adeptos encarnados "abafam" os gritos.

1' O jogo está a decorrer no Estádio Municipal de Aveiro, mas mais parece estar a ser disputado na Luz: são cerca de 20 mil os adeptos encarnados que acompanham a equipa e que, desde que o autocarro que transportava a equipa chegou a Aveiro, não param de gritar e puxar pelos jogadores.

1' Manuel Mota apita para o início do jogo! Bola para o Beira-Mar.

BEIRA-MAR: Rui Rego; Jaime, Bura, Hugo, Hélder Lopes; Rúben Ribeiro, Ricardo Dias; Yazalde, Rui Sampaio, Nildo; Abel Camará. Suplentes: Bruno, Fleurival, André Sousa, Dani Abalo, Serginho, Batatinha e Tozé Marreco.

BENFICA: Artur Moraes; Maxi Pereira, Luisão, Garay. Melgarejo; Matic, Enzo Pérez, Salvio, Ola John; Lima e Óscar Cardozo. Suplentes: Paulo Lopes, André Almeida, Jardel, Carlos Martins, Pablo Aimar, Gaitán e Rodrigo.

O Benfica tem uma oportunidade de ouro para se isolar na liderança da Liga, posto que não ocupa sozinho precisamente há um ano. Os encarnados dividiram o topo com o FC Porto durante mais de cinco meses, desde a 6.ª jornada, mas depois de os dragões terem empatado em Alvalade têm a oportunidade que os bicampeões já desperdiçaram anteriormente: ficar isolados depois de um deslize do rival.

Em Aveiro, onde o Benfica já não perde há 20 anos, vão encontrar-se o melhor ataque (50 remates certeiros dos encarnados) e a pior defesa (o Beira-Mar já sofreu 38 golos). Os aurinegros contrataram Costinha para substituir Ulisses Morais, mas a estreia não foi positiva para o ex-internacional português: derrota por 1-0 no Bonfim.

Depois da eliminação na Taça da Liga e a quatro dias de receber o Bordéus, nos oitavos-de-final da Liga Europa, Jorge Jesus vincou que "não há poupanças, porque a prioridade é o campeonato". O técnico dos encarnados exaltou que o Benfica "tem responsabilidade de vencer todos os jogos que faltam", mas avisa que os adversários jogam "sempre com uma chama muito alta" contra as águias. O pontapé de saída está marcado para as 19.30.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG