Benfica 3.º na prova feminina da Taça dos Campeões Europeus

Catarina Ribeiro foi a portuguesa melhor classificada

O Benfica terminou este domingo no terceiro lugar a prova feminina da Taça dos Clubes Campeões Europeus de corta-mato, em Kastamonou, na Turquia, enquanto a equipa masculina foi quinta classificada.

Num piso repleto de neve e sob temperatura negativa, a formação feminina do Benfica, embora tenha conseguido o ambicionado lugar no pódio, perdeu uma excelente oportunidade de chegar ao segundo lugar.

Dulce Félix, considerada uma das favoritas, esteve sempre longe da frente e terminou apenas na 12.ª posição, fechando a equipa, enquanto Catarina Ribeiro, quinta classificada, foi a melhor portuguesa, três lugares à frente de Salomé Rocha.

Vanessa Fernandes foi 11.ª e Mónica Silva, que já não contou para a equipa, 13.ª.

A queniana Irene Cheptai, em representação da formação turca do Uskudar Belediye, repetiu o triunfo individual da época passada e a sua equipa confirmou o favoritismo, somando apenas 13 pontos com as suas quatro atletas pontuadas nos seis lugares da frente.

As espanholas do Bilbau também repetiram o segundo lugar de há um ano, com 29 pontos, contra 36 do Benfica, que não foi além do último lugar do pódio.

A equipa masculina do Benfica desiludiu ao ser apenas quinta, longe do ambicionado pódio.

Rui Pedro Silva desistiu logo aos dois quilómetros, ressentindo-se de uma lesão, e o campeão nacional Rui Pinto esteve sempre longe da frente, acabando apenas no 19.º lugar.

O melhor elemento acabou por ser o veterano Ricardo Ribas, 13.º, enquanto Tiago Costa foi 18.º e Alberto Paulo fechou a equipa, no 23.º lugar. Samuel Barata também desistiu.

O Benfica somou 73 pontos, contra 17 dos franceses do Alés Cévennes, que se sagraram campeões.

O turco Bekir Karayel foi o vencedor individual e a sua equipa do Istambul BBSM foi segunda coletivamente, à frente da formação norueguesa do IK Tjalve, surpreendente terceira classificada.

Entre os juniores, as formações turcas dominaram por completo, num escalão em que o Benfica foi quarto no setor masculino, entre apenas cinco equipas presentes, e o CDUL sétimo na competição feminina, entre oito. Individualmente, Pedro Ferreira (10.º) e Rita Mineiro (26.ª) foram os melhores lusos.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG