Basquetebolista português Neemias Queta declara-se para o draft da NBA de 2021

Neemias Queta está na pole position para se tornar o primeiro português a jogar na NBA

O poste português Neemias Queta anunciou esta segunda-feira nas redes sociais que vai dispensar a sua época de 'senior' na Universidade de Utah State e declarar-se para o draft de 2021 da Liga norte-americana de basquetebol (NBA).

"Depois de conversas com a minha família e os membros da equipa técnica da Universidade de Utah State, decidi perseguir o meu sonho de jogar na NBA e declaro-me para o draft da NBA de 2021", escreveu o internacional luso na sua conta no Twitter.

Neemias Queta, de 21 anos e 2,13 metros, terminou a época de júnior, a terceira na NCAA, com médias de 14,9 pontos, com 56% nos lançamentos de campo, 10,1 ressaltos, 3,3 desarmes de lançamento e 2,0 assistências.

O jogador luso foi eleito o melhor jogador e melhor defensor da Conferência Montain West e é um dos quatro finalistas ao prémio Naismith de melhor defensor do ano do basquetebol universitário.

O ex-jogador do Benfica esteve para entrar no draft da NBA de 2019, mas acabou por decidir-se pela continuidade no basquetebol universitário e, face à sua evolução, surge em 75.º lugar no ranking projetado da ESPN para o draft, sendo que só são escolhidos 60 jogadores -- 30 em casa ronda.

Na sua carreira universitária, Neemias conduziu Utah State aos triunfos na Conferência Montain West em 2019 e 2020. Em 2021, não logrou esse objetivo, mas chegou, ainda assim, ao March Madness, caindo na primeira ronda, perante Texas Tech.

A NBA ainda não anunciou a data do draft de 2021 e ainda não foi determinado o dia em que os jogadores têm de decidir se entram, mas, para Neemias Queta, acabou a carreira universitária e vai começar a profissional.

Na hora da despedida, o jogador português deixou também uma mensagem aos adeptos dos Utah State Aggies.

"Quero agradecer a todos vocês pelos três anos mais fantásticos da minha vida. Vindo de Portugal para Utah, com 19 anos, não esperava tudo o que me aconteceu. Dos dois títulos de Montain West aos dois torneios da NCAA, e às amizades para a vida, amei cada minuto", escreveu Neemias Queta.

O basquetebolista português agradeceu ainda aos treinadores, pelos ensinamentos, à família e aos amigos em Portugal que o apoiaram "desde o primeiro dia", a todos os companheiros de equipa, que se tornaram seus "irmãos", e a Deus.

"Aggies para sempre", rematou Neemias Queta, que está na pole position para se tornar o primeiro português a jogar na NBA, o que pode acontecer já em 2021-22, caso seja escolhido por alguma das 30 equipas numa das duas rondas do draft de 2021. Se não entrar, poderá, ainda assim, ser contratado posteriormente.

Mais Notícias

Outras Notícias GMG